Matias insiste com Frederico querer ir ao tribunal ver bem a cara dos rapazes que o agrediram, mas o pai alerta-o que devia seguir o conselho de Zé Luís para não o fazer. O rapaz está decidido. No dia seguinte, o marido de Maria chega ao tribunal, onde já estão Frederico, Matias e Tomás. Todos ficam desapontados por Orlando negar que os rapazes vão ficar detidos. Salvador, Dinis e Afonso provocam, divertidos, Matias. Nesse instante, Zé Luís não se contém e dá um violento soco a Salvador. Frederico agarra no cunhado para impedir que haja mais confusão com o rapaz, que continua a provocar o grupo e sossega-o, assegurando que não é por ser filho de um embaixador que o agressor de Matias deixará de ser punido em tribunal. Mais calmo, o marido de Maria disfarça que perdeu a cabeça e agrediu Salvador por ser contra qualquer tipo de discriminação.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Mais no portal