As estrelas do daytime da TVI juntaram-se e brindaram com o Holofote.pt ao novo ano e ao sucesso dos seus programas "Dois às 10" e "Goucha"
Foto: José Oliveira/TvMais; Cláudio Ramos, Maria Botelho Moniz e Manuel Luís Goucha posaram e brindaram a 2022, assim como aos seus programas (“Dois às 10” e “Goucha”) que celebram 1 ano no próximo dia 4 de janeiro

São três dos principais rostos da TVI e aceitaram o desafio do Holofote.pt para juntarem-se e fazerem um brinde. Cláudio Ramos, Maria Botelho Moniz e Manuel Luís Goucha tiveram um último ano de grandes mudanças. E o balanço que fazem é positivo. É no próximo dia 4 de janeiro que os seus programas (“Dois às 10”, nas manhãs, e “Goucha”, nas tardes do canal de Queluz de Baixo) celebram um ano de emissões dirárias e em direto. Comprovámos que estão felizes e confiantes para um 2022 repleto de desafios e, como não podia deixar de ser, a fazer companhia aos espectadores. A apresentadora ainda não sabe onde vai estar na noite réveillon, mas seguramente na companhia de um grupo de amigos e do namorado. Já Cláudio Ramos e Manuel Luís Goucha vão estar a trabalhar à meia-noite. Os dois vão conduzir a grande final “Big Brother” em direto.

Na segunda-feira, dia 3 de janeiro (véspera do aniversário do seu programa), Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz recebem os grandes finalistas de “Big Brother” para uma emocionante conversa. Já o apresentador de “Goucha” receberá dias depois no seu programa o grande vencedor do reality show.

Na terça-feira, dia 4 de janeiro, os dois programas de daytime da TVI (“Dois às 10” e “Goucha”) estão de parabéns e irão celebrar a data em direto com os espectadores.

“Adoro escrever, já se percebeu! Então escrevo sempre uma reflexão do ano que passou e imagino logo como será o próximo ano. Até escrevo se na altura estou triste ou estou contente. Quando este 2021 acabar vou ver o que escrevi há um ano para ver se coincidiu ou não, se os desejos se realizaram ou não. Faço isto todos os anos. Imaginem que eu morro, encontram o meu telemóvel e sabem o meu estado de espírito. Materialmente não preciso de nada. Agora, com 48 anos, só desejo saúde e trabalho. E ter os meus com saúde à minha volta”
(Cláudio Ramos)

“Faço os balanços faço na noite de 31 de dezembro. O dia 1 de janeiro é normalmente para descansar e almoçar em família. Desejo trabalho e saúde. Se em 2022 tudo se mantiver igual, eu sinto-me ótima e feliz. Não peço mais nada de grande. Não quero mexer”
(Maria Botelho Moniz)

“Para mim que seja tão bom quanto 2021 foi. Que ano profissional! Para todos o melhor da vida sem Covid”
(Manuel Luís Goucha)

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Relacionados

Mais no portal