Após tantos altos e baixos, Tomás está prestes a ver-se livre de Mariana. Cansado dos comportamentos da noiva, o socorrista decide terminar o romance, apanhando-a de surpresa.

Ainda a recuperar de uma lesão, a filha de Carlota está bastante nervosa e com vontade de chorar. “Não entendo, nós estávamos bem, íamos casar, eu aceitei a Leonor, íamos ser uma família…”, desabafa ela. O irmão de Gustavo garante que o namoro não ia resultar e ela logo ataca: “É a Fátima, não é? Vocês voltaram a estar juntos”. “Não, nunca mais estive com a Fátima. Eu quero concentrar-me na batalha judicial que tenho pela frente, que é o que parece que vai acontecer…”, justifica o filho de Aida. Mariana não desarma: “Mas isso em nada atrapalha os planos que temos, aliás, se tiveres uma família tens mais possibilidades, tu sabes…”. “Eu não sei como te fazer feliz… E acho que gostas muito mais de mim do que eu de ti…”, defende-se o socorrista, que ainda ouve a filha de Fernando a tentar dar-lhe a volta: “Mas acontece em todas relações, há sempre uma das pessoas que gosta mais da outra. E nós éramos felizes quando estivemos nos Alpes. Tenho a certeza de que podemos voltar a ser felizes”. A conversa continua, com Tomás a dar a sua decisão como unilateral: “Não funciona assim e tu mereces alguém que goste de ti de verdade, és uma rapariga cheia de qualidades… Por mais que custe agora, que pareça que não existem outras alternativas, tenho a certeza que vais ser feliz e nós vamos continuar bons amigos”. A relações públicas ataca-o, argumentando que não quer ser amiga dele, mas sim mulher e ao aperceber-se de que não há volta a dar, manda-o embora: “Pára com as desculpas, quanto mais pedes, mais idiota me sinto. Sai daqui!”.

Deixa-me em paz”

Após esta difícil decisão, Tomás caminha por um trilho, pensativo. De repente, vê Fátima por ali com um cesto cheio de cardo. Ao cruzarem-se, ambos ficam tensos. “É incrível, como esta serra me ouve sempre que eu preciso. Vim espairecer, pensar na minha vida e tu apareces”, solta ele, terno, acabando por revelar que terminou de vez com Mariana. Ela mostra-se fria: “Tu lá sabes da tua vida, não tenho nada a ver com isso”, dispara, fazendo menção de se afastar. O filho de Aida vai atrás dela e declara-se: “Tens tudo a ver e tu sabes disso. Sabes que é de ti que eu gosto, desde do minuto em que te vi na estação…”. Nervosa, a queijeira ri-se e diz que ele está a ver muitos filmes. Acaba por desabafar: “Achas mesmo que podes fazer o que queres?! Que estou aqui disponível para ti, sempre que te apetece?. “Eu nunca deixei de gostar de ti”, insiste Tomás. E Fátima atira: “Eu estou com o Guilherme, esqueceste-te?! Não quero nada contigo!”. Apaixonado, o socorrista começa a aproximar-se da amada e afirma: “Tu não gostas dele, eu sei que tu gostas de mim, eu sinto”. “Estás enganado. Agora sai da minha frente e deixa-me em paz!”, pede a tia de Anabela, acabando por se afastar, apressada.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Relacionados

Mais no portal