É com o Alqueva como pano de fundo, sob o sol que já se faz sentir, que têm sido passados os dias de Tatiana Valério, de 31 anos. Desde outubro que ali vive com o companheiro, Joaquim, e a filha, Maria Constança, que celebra agora o primeiro ano de vida. Radiante, a ex-concorrente do reality show da SIC não esconde que é hoje uma mulher muito mais feliz e que a vida no campo é ainda melhor do que imaginava.

A Maria Constança acaba de celebrar 1 ano de vida. Como tem corrido esta aventura de ser mãe?

Como costumo dizer, é desafiante, arrebatador e, igualmente, maravilhoso. É realmente uma experiência completamente nova mas difícil. Temos de nos reinventar como pessoa para nos conseguirmos adaptar a uma realidade diferente de tudo aquilo a que estávamos habituados. Deixamos de ser a prioridade para tudo e isso acaba por ter consequências, como é óbvio. Ultimamente, tenho até tentado falar sobre isso, as consequências da maternidade. É efetivamente uma coisa maravilhosa, mas que traz consequências negativas para a vida.

No seu caso, o que mudou?

Acima de tudo, e na parte negativa, sem dúvida, o cansaço físico. Já não durmo o que dormia, por exemplo (risos). A Maria também não é uma bebé que durma muito bem. Deixamos de ser a prioridade, temos sempre alguém dependente de nós e que não podemos descurar em nenhuma altura. Temos até falta de tempo enquanto casal.

O que é que isso alterou na sua vida com o seu companheiro?

Nós não tivemos muita vida antes da Maria (risos). Esse é o grande desafio para um casal e isso também me faz acreditar que se aguentamos isto, aguentamos qualquer coisa. Portanto, acabámos por, numa fase ainda muito precoce da nossa relação, fazer coisas que as pessoas acabam só por concretizar ao fim de muitos anos: o juntarmo-nos, o começarmos um negócio, mudarmos para uma vida nova, termos uma filha. Foi muita coisa. Este ano foi realmente muito arrebatador.

E foi mãe em pleno pico da pandemia, no primeiro confinamento, em março de 2020.

Exatamente. Não foi o parto que tinha planeado. Tinha imaginado que, eventualmente, poderia ter um parto super-humanizado, com o pai presente, uma coisa fantástica. Acabei por ter um parto sozinha, uma cesariana… Lá está, tive de me reinventar, de me adaptar ao que tinha.

Nova vida no Alentejo

Mudou-se para terras alentejanas a tempo definitivo em outubro. Como tem corrido?

Já fizemos seis meses de vida no campo e se me pergunta se trocava esta vida, sem dúvida que não, jamais! Tem coisas negativas – é óbvio! –, tem de se gostar muito para deixar toda uma vida citadina e para nos mudarmos para o meio do nada. Para chegar a qualquer lado temos de andar um bocadinho. Habituei-me a fazer 17 quilómetros para ir ao supermercado, mas também lá está, faço esses 17 mais depressa do que 5 em Lisboa. É preciso gostar mesmo para que a parte positiva se sobreponha à negativa. Para mim, é o realizar de um sonho, sem dúvida alguma.

Tem sido aquilo que imaginava?

Melhor ainda. Como geralmente vou sozinha – ainda para mais em tempos de pandemia, e só saio mesmo para ir às compras, até mesmo por causa da bebé –, é quando tenho os meus cinco minutos de reflexão em que olho para o lado e penso: ‘Bolas, estou no campo a viver o meu sonho’. Quase que parece uma coisa um bocado parva uma pessoa pensar nisso quando vai às compras, mas é mesmo a verdade. É o realizar de um sonho. Agora, a prioridade já não é ir a lojas de roupa. É, sim, ir a lojas agrícolas e de bricolage (risos). Há todo um novo mundo. Tal e qual como com a minha indumentária: neste momento, passou a ser calças de ganga, galochas e algo para meter por cima… As prioridades mudaram e apaixonei-me por uma vida no campo, por coisas completamente diferentes.

Como ocupa o seu tempo aqui na herdade?

Deixei a minha profissão completamente em Lisboa, mas continuo a trabalhar em casa. Deixei esse stresse e essa vida lá na cidade. Tenho um negócio online na área dos mercados financeiros e consigo conjugar a maternidade com o meu trabalho. Acabo por gerir toda a parte deste negócio, mantenho a minha ligação ao mundo exterior através do computador. Sou eu que trato da gestão da empresa de prestação de serviços agrícolas que tenho com o Quim. Relativamente aqui à herdade, temos um projeto agrícola que eventualmente só arrancará para o ano. Neste momento, estamos a tratar das bases. Para 2022, queremos arrancar com a exploração da herdade.

A sua vida depois do programa ainda é melhor do que já era?

Sim, sem dúvida. Conheci o Quim nas gravações do programa. A vida acabou por seguir o seu rumo, aconteceu depois do programa, acabámos por nos conhecer, juntar, fazer a nossa vida. No fundo, foi o programa que me trouxe a vida que hoje tenho.

O desejo de ter outro filho

Ainda só passou um ano desde que deu à luz, mas Tatiana quer ter mais filhos. “Agora é preciso sedimentar o que já está construído. Foi uma mudança muito grande, o ter a Maria, começarmos o projeto, o Quim também passa muito tempo fora de casa. Tudo a seu tempo. Não daqui a muito – que é para eles também se aturarem um ao outro –, mas primeiro sedimentar aqui o que já está pronto”, confidencia.

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Cadeira R.U.M.: filha do mar

Cadeira R.U.M.: filha do mar

Era uma vez uma maravilhosa preta da Guiné

Era uma vez uma maravilhosa preta da Guiné

Estes miúdos resolvem problemas com a ajuda da tecnologia

Estes miúdos resolvem problemas com a ajuda da tecnologia

O surpreendente desfile da Dolce & Gabbana com Kim Kardashian

O surpreendente desfile da Dolce & Gabbana com Kim Kardashian

CARAS 27 anos de Histórias de Amor -  D. Isabel e D. Duarte de Bragança vivem em harmonia familiar

CARAS 27 anos de Histórias de Amor - D. Isabel e D. Duarte de Bragança vivem em harmonia familiar

A PRIMA gosta dos pratos da Casa Davolta, dos novos modelos Hunter e do regresso do Chefs on Fire

A PRIMA gosta dos pratos da Casa Davolta, dos novos modelos Hunter e do regresso do Chefs on Fire

Do planeta imaginário para a terra real

Do planeta imaginário para a terra real

12 (boas) sugestões para fazer neste fim de semana, em Lisboa e arredores

12 (boas) sugestões para fazer neste fim de semana, em Lisboa e arredores

Hugo Boss apresenta coleção primavera-verão 2023 na Semana da Moda de Milão

Hugo Boss apresenta coleção primavera-verão 2023 na Semana da Moda de Milão

Segurança Social regista excedente de 2.461,4 ME em agosto

Segurança Social regista excedente de 2.461,4 ME em agosto

O que é a

O que é a "desistência silenciosa", a mais recente tendência no mundo do trabalho alimentada pelas redes sociais

Casa Dentro: Tamara Alves e a arte urbana

Casa Dentro: Tamara Alves e a arte urbana

Cinco erros a evitar na instalação de um carregador para veículos elétricos

Cinco erros a evitar na instalação de um carregador para veículos elétricos

Casa Real britânica divulga primeira fotografia oficial do rei Carlos III com uma das famosas

Casa Real britânica divulga primeira fotografia oficial do rei Carlos III com uma das famosas "Caixas Vermelhas"

Vinhos: Tinto, rosé e - porque não? - clarete

Vinhos: Tinto, rosé e - porque não? - clarete

A proposta de valor como aspecto central na retenção e atracção de talento

A proposta de valor como aspecto central na retenção e atracção de talento

Georgina Rodriguez partilha fotografia com a filha mais nova, Bella Esmeralda, antes de viagem em jato privado

Georgina Rodriguez partilha fotografia com a filha mais nova, Bella Esmeralda, antes de viagem em jato privado

Cinco erros a evitar na instalação de um carregador para veículos elétricos

Cinco erros a evitar na instalação de um carregador para veículos elétricos

Duas peças da Mango para usar na transição entre estações

Duas peças da Mango para usar na transição entre estações

Cibersegurança: ataques recentes revelam “erro grosseiro” por parte das empresas

Cibersegurança: ataques recentes revelam “erro grosseiro” por parte das empresas

Estado com excedente de 2.303 ME até agosto

Estado com excedente de 2.303 ME até agosto

Itália/Eleições: BE diz que vitória da extrema-direita demonstra

Itália/Eleições: BE diz que vitória da extrema-direita demonstra "falência da política europeia"

NASA vai ‘disparar’ nave contra asteroide

NASA vai ‘disparar’ nave contra asteroide

Não saímos da cepa torta

Não saímos da cepa torta

BE quer requisição de alojamentos locais para resolver crise na habitação estudantil

BE quer requisição de alojamentos locais para resolver crise na habitação estudantil

Porque é que as árvores perdem as folhas?

Porque é que as árvores perdem as folhas?

João Mota: O temor do ator na hora do regresso

João Mota: O temor do ator na hora do regresso

Das peças 'oversize' aos estampados: as propostas da Bottega Veneta para a primavera-verão 2023

Das peças 'oversize' aos estampados: as propostas da Bottega Veneta para a primavera-verão 2023

A experiência de 'Miúdos a Votos' nos Domínios de Autonomia Curricular

A experiência de 'Miúdos a Votos' nos Domínios de Autonomia Curricular

Volkswagen: cápsula autónoma para transportar até quatro passageiros

Volkswagen: cápsula autónoma para transportar até quatro passageiros

JL 1355

JL 1355

10 vestidos estampados para todos os dias

10 vestidos estampados para todos os dias

Cinco erros a evitar na instalação de um carregador para veículos elétricos

Cinco erros a evitar na instalação de um carregador para veículos elétricos

Gémeos na passerelle da Gucci mostram o outro lado de cada um de nós

Gémeos na passerelle da Gucci mostram o outro lado de cada um de nós

Exame Informática TV 784: dobráveis Samsung e scooter elétrica BMW CE 04

Exame Informática TV 784: dobráveis Samsung e scooter elétrica BMW CE 04

Pintora Graça Morais revela inéditos nas 72 obras da exposição

Pintora Graça Morais revela inéditos nas 72 obras da exposição "Anjos e Lobos"

VOLT Live: o fenómeno AMI, análise dos temas que marcam a mobilidade elétrica... e uma planta que nasceu num Citroën

VOLT Live: o fenómeno AMI, análise dos temas que marcam a mobilidade elétrica... e uma planta que nasceu num Citroën

Tartaruga Margot apela à preservação do planeta e da vida animal

Tartaruga Margot apela à preservação do planeta e da vida animal

SATA integra Aliança para a Aviação com Emissões Zero de gases poluentes

SATA integra Aliança para a Aviação com Emissões Zero de gases poluentes

Artes e Ofícios: esta semana todos os caminhos vão dar a Oeiras

Artes e Ofícios: esta semana todos os caminhos vão dar a Oeiras

O Gosto dos Outros: Cláudia Pascoal

O Gosto dos Outros: Cláudia Pascoal

A queda do último tabu: Clítoris é reconhecido, pela Ciência, como o órgão cuja única função é dar prazer

A queda do último tabu: Clítoris é reconhecido, pela Ciência, como o órgão cuja única função é dar prazer