É o trabalho mais duro que fiz até hoje”, diz César Mourão na promoção de “Esperança”, a mesma senhora velhinha que levou aos palcos de norte a sul de Portugal em 2016 e que está de volta numa série cómica de 12 episódios. Pela frente tem ainda mais duas semanas de gravações e os dias começam bem cedo. “Só a caracterização são quase três horas e depois mais alguns minutos para a roupa e os adereços”, revela o protagonista.

A série relata a história da dona Esperança, uma mulher de 89 anos que vive num apartamento na zona do Castelo de São Jorge, em Lisboa, há meio século, mas que o senhorio quer despejar para aderir à moda do alojamento local. Estreia durante o mês de dezembro, antes do Natal, já que esta quadra é retratada na trama, com a protagonista a juntar a família à mesa para a ceia na noite da Consoada.

A série é exclusiva da OPTO, o novo serviço de streaming da SIC. César Mourão também está aos sábados à noite na SIC generalista com o programa de humor “Terra Nossa” e em breve regressará com a segunda temporada de “A Máscara”, onde volta a ser um dos investigadores ao lado de Carolina Loureiro, Jorge Corrula e Sónia Tavares, sendo que João Manzarra é o apresentador. O humorista deu ainda um espetáculo no 27 de novembro, no Campo Pequeno, em Lisboa, em que abdicou do cachê para dividir a receita da bilheteira pelos músicos e técnicos que com ele trabalham. “Estão comigo há muitos anos e tenho de estar com eles neste momento”, escreveu nas suas redes sociais, referindo-se às dificuldades que a classe artística está a passar devido à pandemia da Covid-19.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Relacionados

Mais no portal