A mando de Eduarda, Jorge vai raptar Diogo e esconde-o num barracão sem que ninguém sonhe com o local onde ele está preso. Após uma conversa com o militar, o vilão deixa-o novamente sozinho numa sala.

No barracão, Diogo consegue soltar-se e, quando Jorge chega, este levanta-se e corre para a saída. O vilão aponta-lhe a arma e dispara. O filho de Carlos fica inanimado no chão, com sangue a escorrer pelo corpo. Jorge teme ter-lhe tirado a vida.

Uma história para ler na “TeleNovelas” desta semana, que já está nas bancas e disponível na versão digital.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Mais no portal