Toni ouve Nazaré falar, com tristeza, do pai. Diz-lhe que pode contar com ele para desabafar. A conversa desenvolve-se e acabam os dois a fazer uma competição com tremoços e cervejas. O irmão de Matias pergunta-lhe se não tem saudades deles e Nazaré dá mais um gole na cerveja para fugir à questão. Na manhã seguinte, a pescadora acorda e fica em pânico ao perceber que o ex-namorado dormiu ali. Ele aproveita que ela não se lembra de nada para dizer que estiveram juntos.

Manipulador, o filho de Glória vai ao encontro de Duarte e conta-lhe que ele e Nazaré voltaram. O rapaz fica em choque, não quer acreditar, mas Toni é muito convincente e até lhe diz para ele perguntar então à namorada o que fez na noite anterior. Este assim o faz. A filha de Matilde tenta explicar que não se lembra de nada porque bebeu uns copos a mais, mas Duarte já nem quer ouvir mais nada. De volta a casa, telefona a Bárbara e esta vai ter com ele. Quando ela chega, Duarte nem a deixa acabar a frase, cala-a com um beijo intenso e diz-lhe que não a chamou ali para falarem. Acaba por pegá-la ao colo e levá-la para a cama, onde fazem amor.

Na manhã seguinte, os dois descem do quarto e Nazaré fica furiosa quando percebe que o namorado passou a noite com a rival. Começa uma troca de acusações e Nazaré atira-se para cima de Bárbara para lhe bater. Félix separa as duas e diz a Bárbara para sair. Duarte acaba por confirmar que dormiu com a ex-namorada por vingança e ciúmes, e a pescadora deita-lhe o café para cima, saindo, chorosa e revoltada. Toni espera por Nazaré em casa dela com um ramo de flores. Ela devolve-lhe as flores e diz-lhe que o que se passou foi um erro e que ama Duarte. Toni promete-lhe que não vai desistir.

Duarte volta à presidência da Atlântida
Félix está instalado no gabinete da presidência quando o sobrinho entra com Joaquim. O pai de Nazaré confessa ter sido ele a sabotar a encomenda da coleção cápsula e Duarte reclama uma reunião de administração para provar que não foi o culpado e reaver o seu lugar.

Luís em guerra com Dolores
Ainda a recuperar da revelação de que é filho de Joaquim, o rapaz vai ao mercado e pede as contas a Dolores, dizendo-lhe que não vai trabalhar mais ali e que tem vergonha de ser seu filho.

Heitor ameaça denunciar Sofia
A secretária prepara o pequeno-almoço quando o marido chega e avisa-a que tem de ter cuidado com o que conta a Gonçalo. Sofia tenta defender-se e Heitor acaba por ameaçar contar a toda a gente o que se passou entre ela e Rogério.

Bernardo descobre que o pai quer matá-lo
O irmão de Érica finge estar a dormir, enquanto ouve Verónica e Érica a comentarem com Elsa que não é normal Bernardo estar sempre a dormir. A enfermeira troca um olhar cúmplice com Félix e diz que faz parte do tratamento. O rapaz percebe que o pai quer matá-lo.

Floriano sofre de impotência
No lar, o marido de Ermelinda está cabisbaixo e vai desabafar com Ismael, dizendo-lhe que acha que sofre de impotência e pede ajuda ao auxiliar. Ismael vende-lhe uns comprimidos, mas diz-lhe para ir com calma.

Palavras-chave

Mais no portal