Na Atlântida, Félix fala com Nazaré. Ela quer saber onde está a sua mãe, mas o vilão avisa-a de que ainda a pode acusar de ser cúmplice de Tozé e insiste para que esta não deixe Duarte voltar para casa. Mais tarde, o rapaz desliga a chamada de Laura e comenta com a namorada que as suspeitas acabaram. Nazaré força um sorriso e pede-lhe que continue lá em casa com ela. No centro de saúde, a pescadora mente a Murilo, assegurando que a mãe viajou. O médico adverte-a de que essa viagem foi uma irresponsabilidade e que, sem fazer os tratamentos, a operação poderá não acontecer. Nazaré fica em pânico e toma uma atitude. Em casa, a pescadora faz as malas. Duarte e Toni chegam, apanham-na a arrumar tudo e perguntam-lhe o que se passa. Nazaré explica que a mãe teve uma nova crise no regresso dos tratamentos em Lisboa e que vai ter de ir ao encontro dela, mentindo a ambos.

Gonçalo humilha Verónica
A vilã volta a encontrar-se com o marido de Laura, seduzindo-o. No quarto, chora ao contar que Cláudia está grávida de Félix e começa a beijá-lo. Gonçalo deixa-se levar e voltam a envolver-se. Arrependido, ele manda-a embora e diz-lhe que não a quer voltar a ver, humilhando-a. Verónica sai, arrasada.

Érica pensa em fazer um aborto
A filha de Félix descobre que está grávida e vai ter com Ana, confessando–lhe que não sabe quem é o pai do filho que espera. A jovem promete ajudá-la e Érica começa a pesquisar artigos sobre drogas e gravidez e diz que está a ponderar abortar.

Mais no portal