A prescrição de treino nesta fase não difere da que é recomendada à população em geral. Mas é preciso conhecer, respeitar e adequar as diversas alterações fisiológicas e biomecânicas que ocorrem nesta etapa e idealmente falar sempre com o profissional de saúde que acompanha a grávida”, alerta Vânia Costa, especialista em exercício físio, enunciando os benefícios de fazer exercício durante a gestação. A prática de atividade física regular:

1. Apresenta vários benefícios para a saúde mental e emocional da mulher durante e após a gravidez.

2. Estimula a formação óssea e combate a osteoporose.

3. Reduz o risco da diabetes gestacional, hipertensão e pré-eclâmpsia.

4. Previne a perda de massa muscular e aumentao tónus muscular (essencial na gravidezpara ajudar a combater as dores nas costase a tensão nos ombros devido ao aumentode peso e do volume da barriga).

5. Ajuda a controlar a ansiedade e instabilidade provocadas pelas alterações hormonais. Isto sea atividade física for complementadacom exercícios de relaxamento e meditação.

6. Promove o fornecimento de oxigénio, benéfico para o funcionamento do coração, dos pulmões, do sistema cardiovascular e não só.

7. Simplifica a recuperação pós-parto.

8. Melhora a postura.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Mais no portal