Boa visão é essencial para que as crianças se possam desenvolver e atingir todo o seu potencial. A sua importância abrange diversas competências da vida do indivíduo, que vão desde a perceção, cognição, interação social até à aprendizagem e ao desenvolvimento intelectual. Por falta de melhor referencial, uma criança pode assumir que a sua atual má visão é “normal”. É por isso crucial que os adultos estejam atentos à visão das crianças. Os pais, os educadores e os professores desempenham um papel fundamental, dada a sua proximidade e convivência com as crianças, sendo frequentemente as primeiras pessoas a detetar dificuldades visuais. A idade escolar é um período da vida da criança em que é possível observar alguns comportamentos indicativos da presença de uma alteração na visão. Veja abaixo quais são.

• Aproximar-se muito para ler, escrever ou desenhar;
• Durante a leitura, seguir o texto com o dedo;
• Apresentar dificuldades de concentração;
• Cometer erros ortográficos com frequência na cópia
de textos;
• Esfregar os olhos com muita frequência;
• Trocar a orientação das letras;
• Semicerrar os olhos para ver ao longe (por exemplo, para ler o que está escrito no quadro);
• Queixar-se de cefaleias, dores de cabeça, ou ardor nos olhos.

As alterações visuais mais frequentes
Segundo o Programa Nacional para a Saúde da Visão da Direção-Geral da Saúde, perto de 20% das crianças portuguesas sofre de algum problema relacionado com a visão.

Miopia
Caracteriza-se por uma visão desfocada dos objetos situados ao longe e visão mais nítida dos objetos próximos.

Hipermetropia
É um erro refrativo que, apesar de estar relacionado com um problema de focagem em visão de longe, produz as suas consequências mais significativas na visão de perto.

Astigmatismo
Implica que há determinados pormenores da imagem que estarão mais desfocados do que outros. Os efeitos produzidos variam consoante a gravidade. Nos casos que apresentam pequeno grau astigmático, podem não surgir efeitos típicos, havendo apenas cansaço visual (astenopia) com esforço prolongado de visão. Entre diversos outros efeitos, são também comuns fotofobia – a dificuldade de encarar a luz –, bem como irritação conjuntival acompanhada de picadas.

Ambliopia
Também conhecida por “olho preguiçoso”. Consiste na diminuição da acuidade visual de um ou dos dois olhos, não melhorável com óculos ou lentes de contacto, devido a problemas no desenvolvimento da visão. Uma diferença significativa na qualidade de visão entre os dois olhos é um sinal fortemente associado à ambliopia unilateral. A dificuldade em ler um livro ou realizar tarefas visuais simples são sinais associados a este problema.

Estrabismo
Consiste na incapacidade de fixar os dois olhos com a visão central, simultaneamente, no mesmo objeto. Um sinal típico é o evidente desalinhamento entre os dois olhos. Se os olhos não se dirigem exatamente para o mesmo ponto de fixação, o cérebro perceciona duas imagens do mesmo objeto, que não consegue fundir, e a criança acaba por ter visão dupla. Para além de impedir a perceção tridimensional, o olho desviado pode perder ou não desenvolver função visual.

Tome medidas preventivas!

Com a presença cada vez mais significativa das novas tecnologias na vida dos mais novos, é imprescindível estar atenta às suas rotinas diárias:

• Ilumine a divisão da casa sempre que a criança está a estudar ou a utilizar um dispositivo tecnológico de modo a reduzir o esforço visual;
• Garanta que o pequeno esteja a uma distância adequada da televisão, smartphone, computador, tablet, etc.;
• Promova pausas durante as atividades, levando os miúdos a olharem para longe, para descansar a visão a cada hora;
• Compare, regularmente, a visão entre os dois olhos dos seus filhos;
• Sempre que sair à rua, ela deve utilizar óculos de sol com uma correta proteção contra raios ultravioleta;
• Evite o uso do telemóvel antes de ir dormir ou quando estiver na cama;
• Garanta o descanso da visão através do sono. Para tal, as crianças devem dormir o número de horas recomendado;
• Consulte regularmente um optometrista ou um oftalmologista.

Mais no portal

Televisão

'Casados à Primeira Vista': os casais que decidiram ficar (e sair) na terceira cerimónia de confirmação

E houve quem voltasse atrás...

Televisão

'Casados à Primeira Vista: Hugo desiludido com palavras de Inês

O casal conversou sobre a semana que tinham passado juntos.

Televisão

'Casados à Primeira Vista': Tatiana e Bruno cada vez mais próximos

A semana passada em casa de Bruno parece ter tornado o casal mais c...

Famosos

Bruna Marquezine esclarece o seu estado civil

O relacionamento mais longo da atriz foi com o futebolista Neymar.

Famosos

Marina Ruy Barbosa lamenta a morte de amiga em acidente: "É inacreditável"

Num acidente com um jato privado.

Famosos

Cristina Ferreira preparada para encarar o frio e a chuva

A apresentadora agasalhou-se com um casaco bem quentinho.

Famosos

É assim o domingo ideal de Cláudia Vieira

A atriz encantou os fãs com nova fotografia da sua família.

Famosos

Camila Pitanga sobre a namorada: "Nunca nos escondemos"

A atriz da Globo está num relacionamento com a artesã Beatriz Coelho.

Famosos

Luana Piovani e Pedro Scooby só falam o "estritamente necessário"

A atriz e apresentadora fez um desabafo.

Famosos

Os filhos de Inês Herédia já aprenderam a ficar de pé

A estrela derreteu os fãs com uma nova publicação.

Famosos

Pedro Teixeira encanta no mercado com a filha

Veja como Maria está crescida!

Dá que falar

Gato defende peixes de amigo faminto

O vídeo tornou-se viral.