No dia 4 de Junho de 2010 a modelo brasileira Eliza Samudio, de 25 anos, foi considerada desaparecida. Cerca de vinte dias depois, denúncias anónimas informaram a polícia de que a jovem tinha sido assassinada. O guarda-redes do Flamengo, Bruno Fernandes, foi acusado e condenado junto com outras 5 pessoas, pelo crime. Mas mesmo depois do julgamento, um mistério permanece: O corpo de Eliza nunca foi encontrado. 

Segundo o Ministério Público brasileiro, Eliza foi assassinada a 10 de junho de 2010, exatamente 11 anos atrás. O caso é tema do novo episódio de “Crime sob o Holofote”, um podcast sobre crimes reais no mundo dos famosos. Pode assistir a versão em vídeo, ouvir no player abaixo, no Spotify ou no Apple Podcasts.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Relacionados

Mais no portal