Foi na noite de 2 de julho de 1994, em Medellín, na Colômbia que Andrés Escobar, futebolista conhecido como “O cavalheiro do futebol”, foi morto a tiro à porta de uma discoteca. Tinha 27 anos e era um dos grandes nomes do futebol colombiano. O assassinato aconteceu 10 dias depois de Escobar ter marcado um autogolo que tirou a Colômbia do Mundial de Futebol. 

O autogolo pode ter sido a principal motivação para os assassinos, mas são muitas as teorias sobre o que aconteceu naquela noite. A história é tema do oitavo episódio de “Crime sob o Holofote”.

Crime sob o Holofote é um podcast sobre crimes reais no mundo dos famosos. Ouça-nos também no Spotify ou no Apple Podcasts.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Relacionados

Mais no portal