Tinha apenas 23 anos quando teve os sonhos interrompidos por um ato trágico. No início dos anos 1990 Selena Quintanilla era conhecida como a “rainha da música Tejana”. Já tinha uma marca de roupas própria, prémios como os Tejano Music Awards e um Grammy e um contrato milionário com uma discográfica, para lançar o primeiro disco de músicas em inglês. Mas em 1995 os sonhos de Selena foram interrompidos pela presidente do clube de fãs.

A história de Selena Quintanilla é o tema do terceiro episódio de Crime sob o Holofote, o podcast sobre crimes reais no mundo dos famosos.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Relacionados

Mais no portal