Tudo começou com um vídeo que o cantor brasileiro Mc Gui publicou nas redes sociais. O rapper de 21 anos está a visitar os parques da Disney, nos Estados Unidos, com um grupo de amigos, quando diz: “Mano, olha isso”. O vídeo segue para um zoom do rosto de uma menina, sentada há alguns metros de onde está o cantor com os seus amigos. Ouve-se as risadas do grupo, e a menina está visivelmente incomodada com a atenção.

O vídeo tornou-se rapidamente viral, e por um motivo não muito feliz. A menina a quem Mc Gui fez a piada de mau gosto usava uma peruca e não tinha sobrancelhas, o que fez muitas pessoas na internet especularem se esta estaria doente. Não demorou para começar a circular na internet a história de que o nome da menina seria Jully, ela teria 7 anos de idade e estaria a recuperar de um cancro.

Mc Gui teve que fazer um pedido de desculpas público, num vídeo onde diz: “Não tive intenção nenhuma de julgar alguém. Sou ser humano, posso ter errado”. Mas não foi o bastante, e o cantor teve concertos cancelados depois do caso. A foto da menina circulou por muitas redes sociais, o que obrigou outros artistas brasileiros a se manifestarem, como foi o caso de Bruna Marquezine, que comentou numa das fotos: “Ela claramente estava incomodada em ser filmada e se sentindo humilhada. Vocês só estão dando continuidade a algo que a feriu. Parem de expor ainda mais essa menina. Não compartilhem a imagem dela sofrendo fingindo que se importam com a saúde mental dela.”

Para tentar se redimir, a mãe de Mc Gui publicou no Instagram um apelo para que os seguidores ajudem a encontrar Jully: “queremos muito poder reparar esse erro e quem puder nos ajudar, por favor.”

Mais no portal