A notícia da prisão de Vítor Soares, que a sua noiva trata carinhosamente por Vitó, no início de junho, provocou mudanças na vida de Sónia Jesus. Agora, dois meses após o início do “pesadelo”, a ex-concorrente de “Big Brother 2020” quebra o silêncio numa entrevista exclusiva à TvMais, defendendo que o companheiro é um recluso “como outro qualquer” e falando de como protegeu as filhas do turbilhão mediático, dos rendimentos que a ajudam a pagar as contas ao fim do mês e da gravidez.

A empresária, de 30 anos, está a menos de dois meses de ser mãe de um menino e tem tido uma gestação agridoce desde que o companheiro foi detido no âmbito da operação “Semente em Pó”. “Dentro do possível, a gravidez tem corrido bem. No início tive enjoos, mas depois passou. O feto está bem desenvolvido e já estou de 30 semanas”, começa por contar à nossa revista, acrescentando que a data do parto está próxima.

“Está previsto para 30 de setembro. Embora eu quisesse outra menina, este é um menino muito desejado. O Vitó e a nossa filha mais nova é que sempre quiseram um rapaz. Ele ficou radiante quando soube que era um menino. Quando lhe levei a última ecografia que fiz, ficou todo babado e até me disse que era a cara dele.”  O casal rapidamente chegou a um acordo sobre o nome do benjamim da família: “Tanto eu como ele gostamos muito de Fabian”.

A onda de felicidade que, habitualmente, a notícia da chegada de um bebé traz a uma família foi ensombrada pela detenção do nortenho por tráfico de droga. Atualmente encontra-se no Estabelecimento Prisional de Bragança e é à distância que segue a gravidez da namorada.

“Gostava que todas as mulheres do mundo se sentissem tão amadas como eu me sinto. Todos os dias falamos ao telemóvel, porque ele tem direito a ligar para três números, o meu e o das nossas filhas, e falar cinco minutos com cada uma, o que dá 15 minutos no total. Ele não abdica de falar comigo e com as meninas. A cada dois dias recebo uma carta gigante e ele também recebe, a contamos o nosso dia a dia”, revela Sónia.

E, mesmo da prisão, ele continua a fazer-lhe surpresas. Isto porque o amor do casal não esmoreceu. “No dia 5 de julho, quando celebrámos 12 anos de namoro, cheguei a casa e tinha à minha espera um grande ramo de rosas amarelas, que significam alegria. O Vitó preparou-me essa surpresa com a ajuda da nossa filha mais velha e da minha mãe. Fiquei encantada!” 

Andar de cabeça erguida

Além dos telefonemas e das cartas há ainda as visitas, que devido às regras estabelecidas em tempos de pandemia da Covid-19 estão limitadas a uma por semana. “Tenho pena que não possam ser duas visitas por semana. Levo-lhe comidinha, ainda que ele me diga para não levar nada porque não me quer dar trabalho. Aproveitamos o tempo para trocarmos muitos miminhos, carinho, e damos muita força um ao outro. O Vitó continua a ser o meu pilar e a família mantém-se unida como sempre foi. Vamos estar sempre juntos, quer nos momentos bons quer nos maus. Ele pede-me para andar de cabeça erguida.” 

Para estar semanalmente uma hora com o noivo, Sónia faz 200 km até Bragança e depois outros tantos de regresso à casa, em Gaia, Porto, que já partilhavam e onde a empresária se mantém com as filhas, as pequenas Maiara, de 10 anos, e Naísa, de 7. “Quando estive no ‘Big Brother’ ele também foi todas as semanas as Lisboa para estar nas galas, e depois de eu sair acompanhava-me aos programas da TVI. Nós somos um para o outro”, enaltece ela.

Sem entrar em detalhes sobre o processo, Sónia Jesus continua a defender o amado. “Eu sei o que ele é comigo. Continuo a ter muito orgulho nele e não me arrependo de o ter escolhido para pai das minhas filhas. É o amor da minha vida e um ser humano incrível.” E a ex-concorrente de reality shows da TVI mantém a confiança no futuro. “O Vitó não morreu. A porta por onde entrou será a mesma por onde irá sair. Estarei sempre ao lado dele porque é o amor da minha vida e pai das minhas meninas. Se fosse um violador ou pedófilo eu não estaria ao lado dele.”

A viver um dia de cada vez, sobre o processo que meteu o companheiro na prisão a nortenha apenas diz: “A verdade só ele a sabe, nem eu sei. Mas isto não fica por aqui e vai dar pano para mangas. O Vitó ainda vai calar muita gente”. Por enquanto mantém-se com a medida de coação de prisão preventiva e a aguardar julgamento. “O advogado dele, o dr. Frederico Miguel Alves, é cinco estrelas. Nós gostamos muito dele”, elogia.

Bazar e redes pagam contas

Apesar de o marido estar preso, Sónia não baixou os braços e mantém as mesmas rotinas, continuando a trabalhar no duro. “Sempre trabalhei e o Vitó também. Eu estava preocupada que ele perdesse o emprego, mas mantém porque enquanto não sair a sentença, ele é inocente.”

Os rendimentos mensais são agora fruto apenas do trabalho da ex-concorrente de “BB”, como salienta: “Não tenho uma vida de luxo e nunca tive. Tenho o meu negócio, o Big Bazar da Sónia, e só faço vendas online, através do meu Instagram. Tenho um pequeno escritório perto de casa e o bazar está a correr bem. Estou sempre em cima das novidades e vendo aspiradores robôs, pranchas para o cabelo e brinquedos, entre outros produtos. Costumo dizer que é bom, bonito e barato! Só não vendo roupa porque nunca gostei de vender roupa”.

Apesar da exposição mediática que todo o caso tem tido, a empresária garante que o negócio não se retraiu com a prisão do companheiro. “Está a correr bem e consigo tirar um salário para pagar as contas ao fim do mês.” Esta não é a única receita da jovem, que também lucra com as redes sociais. “Desde que saí do ‘Big Brother’ que faço muita publicidade a produtos nas redes sociais. Essa divulgação que faço é paga, e também recebo um cachê pela participação em eventos. Ao fim do mês tiro mais um salário. Posso dizer que vivo do meu bazar e das redes sociais.” 

A ex-vendedora ambulante salienta que, se fosse necessário, teria o apoio financeiro da família. “O que eu ganho dá para mim e para as minhas filhas. Mas tenho uma boa mãe e um bom pai, ambos sempre trabalharam, assim como a minha sogra. Eles não deixariam que faltasse nada a mim e às meninas. Tenho mesmo uma boa base familiar.” 

Filhas estão bem

Mãe carinhosa, a mulher-furação de “Big Brother 2020” foi confrontada com a notícia de que estaria na iminência de perder as filhas. Algo que, como faz questão de esclarecer, não corresponde à verdade: “Até agora nunca fui contactada pela Segurança Social. Não temo nada porque tenho o meu sustento. As minhas filhas têm um bom quarto, apesar de não ser luxuoso, porque não sou rica. Mas sou uma rica mãe”. E reforça ainda que está em dia com as Finanças. “Se for chamada para apresentar os meus rendimentos estou tranquila, porque declaro tudo e faço o IRS.” 

A companheira de Vitó revela que as filhas estão bem, apesar desta situação, e que tiveram um bom aproveitamento escolar. “Quando ele foi detido e houve todo aquele alarido à nossa volta, as diretoras da escola chamaram-me e disseram-me que tanto a Maiara como a Naísa tinham excelentes notas, e assim continuaram até ao final das aulas. A mais velha passou para o 6º ano e a mais nova para o 2º. Na escola elas têm muitos amiguinhos e onde eu vivo ninguém nos aponta o dedo”, salienta Sónia, explicando como as tem protegido: “Elas não sofrem porque sentem a presença do pai, que fala com elas todos os dias, e vão comigo vê-lo. Protegi-as e expliquei-lhes a situação, apesar de que há pormenores de que elas não estão a par porque são pequenas e não conseguiriam perceber”.

Vitó bem-comportado

Desde a detenção de Vítor Soares que a sua noiva percebeu que não está sozinha. “Recebo imensas mensagens de mulheres que estão a passar pelo mesmo que eu. Mas também recebi uma onda gigante de apoio e amor, de todas as zonas do País. Tenho-me sentido muito apoiada.”

A jovem reconhece que a popularidade que hoje tem se deve aos dias que viveu dentro da “casa mais vigiada do País”, mas sublinha: “Se eu não tivesse entrado no programa, não tinham falado dele como falaram. Ele disse-me que não, que iriam sempre falar, e pediu-me para esquecer isso”. E Sónia ainda realça: “Estou grata ao ‘BB’. Deu-me muitas coisas boas e abriram-se várias portas. Antes tinha de vender na rua e agora consigo vender online porque as pessoas já me conhecem”.

A finalizar, Sónia conta-nos como o companheiro está a passar os dias na prisão. “O Vitó ainda vai sair de lá doutor. Lê livros, faz formações e participa em atividades com os outros reclusos, pois tem uma boa relação com todos eles.” Por isto tudo, não podia estar mais orgulhosa dele. Mas há mais: “O Vítor tem um comportamento ótimo e não se mete em confusões”. 

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Kate interrompe período de luto e surge em ato público com visual simbólico

Kate interrompe período de luto e surge em ato público com visual simbólico

“Restos do Vento”, o novo filme de Tiago Guedes: E tudo a tradição levou

“Restos do Vento”, o novo filme de Tiago Guedes: E tudo a tradição levou

CARAS 27 anos de Histórias de Amor -  D. Isabel e D. Duarte de Bragança vivem em harmonia familiar

CARAS 27 anos de Histórias de Amor - D. Isabel e D. Duarte de Bragança vivem em harmonia familiar

Inteligência Artificial vai ‘assegurar’ voz de James Earl Jones como Darth Vader

Inteligência Artificial vai ‘assegurar’ voz de James Earl Jones como Darth Vader

Não saímos da cepa torta

Não saímos da cepa torta

Volkswagen: cápsula autónoma para transportar até quatro passageiros

Volkswagen: cápsula autónoma para transportar até quatro passageiros

Esperança de vida à nascença diminuiu em todas as regiões do continente

Esperança de vida à nascença diminuiu em todas as regiões do continente

Receita de Sopa de peixe, por Teresa Cameira

Receita de Sopa de peixe, por Teresa Cameira

ASAE apreende mais de meia tonelada de amêijoa na Murtosa

ASAE apreende mais de meia tonelada de amêijoa na Murtosa

Este ano, a gripe pode chegar mais cedo e mais forte

Este ano, a gripe pode chegar mais cedo e mais forte

PME já podem aceder a conselheiros para melhorar as boas práticas de gestão

PME já podem aceder a conselheiros para melhorar as boas práticas de gestão

A experiência de 'Miúdos a Votos' nos Domínios de Autonomia Curricular

A experiência de 'Miúdos a Votos' nos Domínios de Autonomia Curricular

Bem-vindo, outono!

Bem-vindo, outono!

Quer ter sucesso a decorar a sua casa?

Quer ter sucesso a decorar a sua casa?

Cinco erros a evitar na instalação de um carregador para veículos elétricos

Cinco erros a evitar na instalação de um carregador para veículos elétricos

Esperança de vida à nascença diminuiu em todas as regiões do continente

Esperança de vida à nascença diminuiu em todas as regiões do continente

Cibersegurança: ataques recentes revelam “erro grosseiro” por parte das empresas

Cibersegurança: ataques recentes revelam “erro grosseiro” por parte das empresas

Cinco erros a evitar na instalação de um carregador para veículos elétricos

Cinco erros a evitar na instalação de um carregador para veículos elétricos

VOLT Live: o fenómeno AMI, análise dos temas que marcam a mobilidade elétrica... e uma planta que nasceu num Citroën

VOLT Live: o fenómeno AMI, análise dos temas que marcam a mobilidade elétrica... e uma planta que nasceu num Citroën

Jessica Athayde e Diogo Amaral: “Não existem relações perfeitas”

Jessica Athayde e Diogo Amaral: “Não existem relações perfeitas”

20 peças para um regresso ao escritório em estilo

20 peças para um regresso ao escritório em estilo

As figuras da PRIMA 17

As figuras da PRIMA 17

Conjugação de padrões e cortes assimétricos: eis a coleção primavera-verão 2023 da DSquared2 apresentada em Milão

Conjugação de padrões e cortes assimétricos: eis a coleção primavera-verão 2023 da DSquared2 apresentada em Milão

Casa Dentro: Tamara Alves e a arte urbana

Casa Dentro: Tamara Alves e a arte urbana

Execução de Alan Miller suspensa porque especialistas não encontraram veia a tempo

Execução de Alan Miller suspensa porque especialistas não encontraram veia a tempo

Mobi.E lança vídeos para desmistificar a mobilidade elétrica

Mobi.E lança vídeos para desmistificar a mobilidade elétrica

Jarras, para usar e abusar em casa

Jarras, para usar e abusar em casa

Letizia brilhou em Nova Iorque com o vestido mais desejado da Zara

Letizia brilhou em Nova Iorque com o vestido mais desejado da Zara

A diversidade importa

A diversidade importa

10 looks para que seja mais rápido sair de casa de manhã

10 looks para que seja mais rápido sair de casa de manhã

JL 1355

JL 1355

Portugal na frente na diretiva sobre plásticos de uso único

Portugal na frente na diretiva sobre plásticos de uso único

Tendências: casacos

Tendências: casacos "maxi"

Keanu Reeves de férias em Portugal

Keanu Reeves de férias em Portugal

Novo centro convida a experiência imersiva na história de Faro e da Ria Formosa

Novo centro convida a experiência imersiva na história de Faro e da Ria Formosa

7 ideias para o primeiro fim de semana de outono, no Porto e em Vila Nova de Gaia

7 ideias para o primeiro fim de semana de outono, no Porto e em Vila Nova de Gaia

Já recuperada, Victoria Federica de Marichalar assiste à apresentação de nova linha de perfumes

Já recuperada, Victoria Federica de Marichalar assiste à apresentação de nova linha de perfumes

O que é a

O que é a "desistência silenciosa", a mais recente tendência no mundo do trabalho alimentada pelas redes sociais

Descolonizar o bicentenário da Independência do Brasil

Descolonizar o bicentenário da Independência do Brasil

O Senhor Gonçalo M. Tavares

O Senhor Gonçalo M. Tavares

Turismo Porto e Norte diz que falta de recursos humanos põe em risco qualidade do serviço

Turismo Porto e Norte diz que falta de recursos humanos põe em risco qualidade do serviço

Agenda pais e filhos para este fim de semana

Agenda pais e filhos para este fim de semana