Esta manhã, Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz receberam Paulo Silva, ex-toxicodependente, no “Dois às 10”. Este partilhou o seu testemunho, no qual contou ter sido produtor de eventos, mas acabou por perder tudo devido à droga.

Tudo começou com uma depressão, na sequência de várias dívidas que tinha, e a droga surgiu como refúgio. Paulo conta que, num momento de tristeza, há cerca de 12 anos, esteve com uma amiga que lhe “apresentou” a droga. O alívio que sentiu fez com que ficasse viciado.

O meu pai perdeu tudo o que tinha para me ajudar”, disse, e isto levou-o a ser sem abrigo durante três anos porque não suportava mais ver o pai sofrer. “ A droga arruina a tua vida, arruina a vida de todos à tua volta“, acrescentou. Ajudado por um desconhecido, conseguiu recuperar e, atualmente, tem uma vida estável.

Na sequência do poderoso testemunho, Cláudio Ramos aproveitou para deixar um aviso ao público “É mesmo mau. Era tão bom que as pessoas olhassem e escutassem esta sua frase, destrói famílias, destrói os sonhos, as pessoas, acaba com tudo, é mesmo mau. Deus queira que o seu testemunho valha a pena, gostava mesmo que as pessoas percebessem, que os miúdos percebessem, os jovens. A droga é uma m*#da, é uma m*#da!“.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Mais no portal