Depois de ser expulso de “Big Brother Famosos” Leandro assumiu que a relação com a ex-companheira Sury Cunha era cordial, sendo o bem estar de Simão, o filho de ambos, a prioridade do ex-casal. Sury esclareceu através da publicação de um comunicado, na tarde desta quinta feira, que a relação com o cantor é inexistente, desmentindo as palavras de Leandro. Sury escreveu um longo texto onde recordou os maus momentos que passou com o artista, nomeadamente episódios de violência doméstica e psicológica.

“Porque penso que “vocês” merecem saber a verdade das pessoas dos programas televisivos a que assistem, gostaria de deixar claro que o pai do meu filho Simão não tem qualquer relação funcional, nem positiva comigo, nem com a minha família. Infelizmente depois de tudo o que ele me fez passar com maledicência, falsos testemunhos em público e privado contra a minha pessoa e violência doméstica e psicológica! Não resta nenhum tipo de relação. No que respeita à sua função parental, apenas comunicamos por esta situação o necessário para o bem estar do meu filho, respeito-a e nada pronunciarei sobre tal. Agora não admito que continue a mentir na comunicação social, sobretudo agora que foi severamente penalizado pelo público do Big Brother sendo expulso com uma percentagem de 87%. Aliás, talvez a justiça lhe tenha sido agora feita. Deus tarda mas não falha. Amém”, partilhou a empresária nas redes sociais.

Quando entrou na “casa mais vigiada do país” Leandro contou aos restantes colegas da casa que apanhou a ex-companheira, na cama com outro homem. Sury reagiu através das redes sociais e ameaçou fazer “justiça na hora e lugar certos”.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Relacionados

Mais no portal