A TvMais, única revista com acesso ao processo do acidente que vitimou Sara Carreira em dezembro de 2020, revela que o relatório final da GNR demorou cerca de um ano a ficar concluído devido à complexidade do acidente e à minuciosa análise de todos os pormenores e detalhes que constituem todo o sinistro.

Uma das incongruências com que as autoridades se depararam foi a discrepância dos horários nas fitas de tempo das entidades intervenientes no caso. Concretamente, o horário da fita de tempo dos vídeos da Brisa e o horário da fita de tempo das chamadas efetuadas para o INEM é divergente.

Por exemplo, o Instituto Nacional de Emergência Médica recebeu uma chamada de Tiago Pacheco às 18:51, a mesma exata hora em que nas imagens da Brisa colide com o carro de Ivo Lucas. “Apurou-se que a segunda chamada para o INEM via ‘112’ foi efetuada pelo condutor Tiago Pacheco, sendo registada às 18:51, segundo a própria fita de tempo”, consta. É também nesses 18:51 da fita de tempo da Brisa que se ilumina “um painel de sinalização de mensagem variável ao quilómetro 60+600, ou seja 300 m antes do local do acidente” com a mensagem “Acidente 600 m Modere velocidade”.

O relatório também dá conta do estado do trânsito na data do sinistro, bem como da qualidade do piso e são ainda fornecidos dados de outros acidentes de viação que ocorreram no mesmo local, em datas anteriores. “Apurou-se que o acidente ocorre a um sábado, vigorando à data em todo o país restrições à circulação entre concelhos, face ao estado de emergência decretado na sequência da pandemia Covid-19″ e que, por esse mesmo motivo “o trânsito era bastante reduzido”. As autoridades detalham que “nos anos de 2019 e 2020, entre os quilómetros 60+000 e 61+000 ocorreram um total de 3 acidentes de viação” e que “através de parecer na sequência de ensaios realizados” no troço em quastão, se concluiu que os resultados estão “enquadrados dentro dos padrões mínimos especificados e como tal considera-se que estão garantidas as condições de resistência ao deslizamento no trecho em causa”.

Ainda nesta edição, a TvMais revela, em exclusivo, o relato ao pormenor do acidente que vitimou Sara Carreira, o depoimento de Cristina Branco, tudo o que o processo diz sobre o condutor que sofreu o primeiro embate, o relato do bombeiro que não encontrou sinais vitais em Sara Carreira. Disponível em bancas e em edição digital aqui. 

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Mais no portal