O o condutor do último veículo a envolver-se no acidente, quer defender-se das acusações que lhe são imputadas em sede de julgamento. Segundo consta no processo consultado pela TvMais, o arguido já requereu, através do seu advogado, a abertura de instrução, mostrando-se assim desagradado com a decisão do Ministério Público. No momento em que tivemos acesso aos autos, Tiago Pacheco era até então

o único dos quatro arguidos que pedia a abertura de instrução. Com a pausa por causa das festividades do Natal e Ano Novo, os restantes arguidos, se assim o desejarem, podem apresentar esse requerimento no Tribunal de Santarém até dia 11 de janeiro. Depois, estando aberta a instrução, o juiz tem até quatro meses para se pronunciar se o caso segue para julgamento ou não. Caso tal aconteça, prevê-se que seja um processo longo, já que serão certamente ouvidas dezenas de testemunhas, desde condutores que pararam para dar apoio aos acidentados a bombeiros, elementos das forças de segurança, peritos de várias áreas, entre outros.

A TvMais teve acesso ao processo de investigação da morte de Sara Carreira. Para ler na edição desta semana, já nas bancas.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Mais no portal