Paulo Pires e Pedro Sousa na estreia de “Para Sempre”

Quase um mês depois de ter sido operado ao joelho, Pedro Sousa voltou à vida social e saiu pela primeira vez de casa. “Estou impecável. Vesti roupa pela primeira vez em um mês… Estou a sentir-me uma pessoal normal”, começa por contar, entre risos. O ator marcou presença no visionamento do primeiro episódio da nova novela da TVI e, ainda que de muletas, distribuiu sorrisos por todos os presentes.

Todo o processo da operação foi previamente pensado. “Quando me lesionei, ainda faltava penso que um mês para acabar de gravar a novela. É possível viver sem o ligamento cruzado anterior [que controlam os movimentos do joelho] – há muita gente que não tem, mas são pessoas que não têm uma vida muito ativa ou que não fazem desporto. Era uma operação que sabia que tinha de acontecer”, refere, explicando que acabou por “ir à faca” duas semanas depois de as gravações terminarem, no final de setembro. “Marquei a operação para 15 dias depois de acabar a novela para poder fazer fisioterapia antes da operação, que também é fundamental.” Agora segue-se um longo período de recuperação e, mesmo tendo uma vida muito ativa, tem tentado seguir o tratamento à risca. “Até poder entrar no mar vão ser uns seis meses”, desabafa, acrescentando, entre gargalhadas: “Troquei umas férias na América Latina pela fisioterapia do Nuno Morais”.

“Para Sempre” marca o regresso de Pedro Sousa um ano depois de ter sido o grande vilão Matias em “Quer o Destino”. Agora é Lourenço, um rapaz “um bocadinho sofredor, que tem um problema com vícios”, refere, acrescentando: “É uma fuga que ele tem devido à maneira como foi criado, aquela falta de amor que há no seio familiar. Vai ter atitudes erradas mas pelo motivo certo, escolhas menos felizes e consequências a pagar por essas opções”.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Relacionados

Mais no portal