Vera Moura foi a convidada deste sábado, dia 13, do programa “Alta Definição”, da SIC. Durante a entrevista conduzida por Daniel Oliveira, a atriz da novela “Amor Amor” falou sobre vários temas pessoais e profissionais, como as dificuldades sofridas na escola ou a devoção que sente pela profissão que escolheu. E foi ao falar dos bastidores da novela que recordou o momento em que ajudou a dar assistência a Rogério Samora. 

Foi a 20 de julho deste ano que o ator sofreu uma paragem cardiorrespiratórias durante as gravações de “Amor Amor”. Vera Moura estava presente. “Vi tudo o que estava a acontecer à porta da sala de maquilhagem e achei que era o Rogério com mais uma das suas partidas, porque ele às vezes fazia essas coisas. Mas depois com a reação da Luísa Cruz percebi o que estava a acontecer”.

“Vi uma pessoa a mudar de cor. Foi aí que todos dissemos: ‘vê o pulso, vê o pulso’ e já não havia pulso. Vi aquilo tudo a acontecer e mantive a calma”, continua. “Eu, um diretor de som e o Ricardo Pereira ficámos sempre do lado dos paramédicos para dar força. Naquela altura, tu pensas que energicamente funciona. Falas com alguém, com o universo, com quem que exista lá em cima, falas para dentro. Eu fiquei só de lado a pensar: ‘Isto vai dar certo, bora la’. Só saí de lá quando ouvi os paramédicos dizerem: ‘Temos pulso’“.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Mais no portal