Anna Westerlund deu uma entrevista a Manuel Luís Goucha, a primeira desde a morte de Pedro Lima, transmitida esta terça-feira, dia 14, no programa do apresentador, na TVI. A ceramista falou sobre a história de amor de 20 anos e também sobre as questões de saúde mental que levaram o ator a tirar a própria vida.

“Acho que ninguém escolhe ficar deprimido, de alguma forma há pessoas mais geneticamente predispostas à doença”, acrescentou, explicando que pelas circunstâncias vividas naquela altura, “criou-se a tempestade perfeita”, salientando o papel que a pandemia trouxe no isolamento da população em geral.

“Apesar de o Pedro ser acompanhado por um psicólogo e um psiquiatra, [o facto de] tudo ser por telefone possa não ter ajudado” , diz, continuando. “O Pedro era um homem de ação. O isolamento a que todos estivemos sujeitos mexeu muito com ele. Entre outros episódios. Criou-se a tempestade perfeita para que o Pedro, que tinha uma depressão já prolongada, entrasse numa depressão galopante, violenta e rápida”, revelou, explicando que acredita que o companheiro não tinha noção “da gravidade da depressão que tinha”.

“Ele era um homem feliz, mas com sombras. Com coisas complexas, inseguranças É importante percebermos este ponto em que a pessoa não escolhe estar deprimida” , salientou, reforçando a importância da compreensão que o suicídio é consequência de uma doença mental.

“Dizemos que a pessoa se suicidou. Eu digo que o Pedro morreu de suicídio, porque o suicídio é uma consequência de uma doença mental. Preocupamo-nos muito com a saúde física. Pego na comparação com o cancro: quando falamos de cancro percebemos que falamos de saúde física, quando falamos de depressão é mais complexo e socialmente não há uma prevenção como há para a saúde física”, continuou.

“Ele morreu de suicídio, uma vez que estava doente e uma consequência foi este ímpeto de se suicidar”, reforçou, explicando ainda que a incerteza trazida pela pandemia poderá ter tido um papel neste trágico desfecho. “A pandemia trouxe-nos a todos uma incerteza sobre o que seria [o futuro]” .

Questionada por Manuel Luís Goucha sobre se esperava este fim trágico, Anna Westerlund respondeu que não e explicou porquê. “Dias antes falámos disso [da hipótese de suicídio], se ele pensava nisso e ele respondeu-me olhos nos olhos que não e eu acreditei”, disse. “Mas o amor não salva tudo”, referiu, revelando que se encontra a fazer terapia, assim como os filhos, e que nunca se sentiu zangada com o companheiro pela atitude que tomou. “Amo-o de tal forma que não há espaço para zanga. há uma compreensão racional sobre o que aconteceu”.

Na mesma entrevista, a ceramista falou ainda do papel que a medicação para a depressão teve na vida do ator. “A depressão trata-se com medicação, mas não funciona com toda a gente. No caso do Pedro a medicação pirou o cenário”, referiu, não deixando de salientar a importância de que as pessoas com os mesmos problemas sejam acompanhadas e sigam os tratamentos que lhes forem indicados. 

Recorde-se que Anna Westerlund e Pedro Lima têm quatro filhos em comum, Ema, Mia, Max, e Clara. O ator tem ainda um filho mais velho, João Francisco, fruto da relação anterior com Patrícia Piloto. Morreu na praia do Abano, a 20 de junho de 2020. 

Palavras-chave

Assine uma das suas revistas preferidas e ganhe outra assinatura digital à sua escolha Compre aqui

Relacionados

Famosos

Anna Westerlund sobre a morte de Pedro Lima: "Perdi o meu futuro e a minha identidade"

A ceramista fala pela primeira vez da partida do companheiro

Famosos

Anna Westerlund celebra filho de Pedro Lima em dia de aniversário: "Contigo aprendi a ser mãe"

João Francisco completa 22 anos nesta terça-feira, 29 de junho.

Famosos

Anna Westerlund recorda Pedro Lima

E prometeu, em jeito de homenagem, aprender o desporto que este mais amava.

Mais no portal

Famosos

Berlim de "La Casa de Papel" vai ter uma série

Vem aí um spin-off da série espanhola da Netflix, que já tem disponível os últimos 5 episódios

Famosos

Paulo Battista revela quem é o cliente mais chato e o mais exigente

É o alfaiate das estrelas, mas afinal, quem são aqueles famosos que dão mais trabalho?

Televisão

TVI anuncia programação especial de Natal com Tony Carreira e telefilme

Tony Carreira é uma das atrações previstas para o fim de ano da Estação de Queluz, além de um telefilme com Kelly Bailey

Televisão

Programa de Tatá Werneck estreia na Globo Portugal

"Lady Night" promete animar as noites de sábado

Famosos

Em dia de aniversário, recorde 27 fotos da carreira de Carolina Carvalho

A atriz celebra nesta sexta-feira, 3 de dezembro, 27 anos

Televisão

Surpresa em “Para Sempre”: Pedro e Clara unem-se para tirar Lourenço da prisão

As emoções da novela da TVI

Televisão

"Big Brother" - Rui e Débora em missão: "Somos uns atores incríveis!"

Rui e Débora tentam enganar os colegas. Afinal a proximidade entre os dois concorrentes é uma missão.

Famosos

Fátima Lopes sobre a gala da Associação Sara Carreira: "Nunca vivi nada igual"

Depois de uma noite de emoções fortes a apresentadora assumiu que a condução do espetáculo foi uma experiência marcante na sua carreira.

Famosos

"Big Brother": Rita chora e ameaça desistir

Rita foi alvo de uma partida das colegas durante a noite… a situação foi longe demais e a jovem ameaçou deixar o programa da TVI.

Famosos

"Gala dos Sonhos": Famosos aplaudem solidariedade dos portugueses

O valor angariado durante a gala superou os 200 mil euros

Famosos

Patrícia Candoso anuncia gravidez com vídeo amoroso. Ora veja!

Aos 40 anos, a atriz prepara-se para reviver as delícias da maternidade

Televisão

Tensão em “A Serra”: Domingos e Rosalinda mentem em tribunal

As emoções da novela da SIC