Os The Happy Mess têm sido um dos grupos mais acarinhados da indie pop em Portugal. A banda lisboeta mergulha entre o universo do soft rock e a pop sofisticada, com canções que cruzam as guitarras e a eletrónica mais retro. Estrearam-se em 2011 e para assinalar os seus dez anos de existência preparam-se para lançar um álbum inteiramente em português. Também pela primeira vez, a voz principal é assumida apenas por Miguel Ribeiro, conhecido do grande público por ser um dos rostos da informação da SIC. A revista “TvMais” conversou com o jornalista a propósito do aniversário da banda, do single que acabaram de lançar – “Perder o Pé” – e dos desafios que se avizinham.

Que balanço faz destes dez anos de existência dos The Happy Mess? Quando foi criado, fazia ideia de que seria para durar?

Só se pode fazer um balanço positivo de um grupo que, em dez anos, fez um EP, três discos e se prepara para lançar um novo álbum. Que ao longo dos anos foi tendo singles nos tops nacionais, que fez centenas de concertos por todo o País e no estrangeiro… em teatros, salas, nos principais festivais. Na verdade, temos sido felizes a criar, a explorar, a partilhar palcos com músicos incríveis. Nunca nos passou pela cabeça que o que fazíamos tinha prazo de validade. É evidente que num país onde é tão difícil viver da cultura, até parece um milagre durarmos tanto tempo.

O Miguel encara esta parte da sua vida como uma segunda carreira? Vê-se um dia a abandonar o jornalismo para se dedicar à música?

Não penso nisso nesses termos. Sei que as pessoas tendem a colocar-nos rótulos em função do que veem ou conhecem, sobretudo quando se trabalha na TV. Sei que a minha imagem é muito marcada pela figura do jornalista, mas não sou só isso, sou músico, escrevo, componho, sou pai, sou marido, e não são diferentes entidades. A minha realização pessoal é poder ser isso tudo.

Os outros elementos da banda também têm profissões paralelas?

É muito difícil viver só da música em Portugal. Ainda assim, quase todos os elementos da banda são músicos ou trabalham no universo da música. Claro que cada um com a sua formação académica: arquitectura, direito, design.

O que nos pode dizer sobre este single, “Perder o Pé”?

É o primeiro de uma série de temas que vão antecipar o disco que vai sair ainda este ano. “Perder o Pé” foi uma das primeiras canções que escrevemos para o álbum, já em tempos de pandemia. Desafiámos o escritor Bruno Vieira Amaral para fazer uma letra. Ele felizmente aceitou e fez esta belíssima história que fala da urgência de encontrar caminhos para a felicidade mesmo que as rotinas, a vida, a crise nos tente derrubar. É uma canção sobre cair e erguer.

E o que pode adiantar em relação ao novo trabalho discográfico? Porquê um disco só em português?

É um disco de celebração de uma década de vida. É um disco que quisemos que fosse mais feliz, mais luminoso. Vai ter uma série de colaborações de artistas, escritores, músicos que admiramos e que foram sendo adiadas ao longo dos anos. Há muito tempo que tínhamos vontade de experimentar um disco só em português e pareceu-nos que este era o momento certo.

Apesar de o Miguel não viver da música, como tem sido dedicar-se a ela em tempos de pandemia?

Está a ser um ano dramático para quem vive da cultura. Há muita gente que está a passar dificuldades. Como é evidente, têm pairado nuvens negras sobre estruturas como a dos The Happy Mess, que, além dos músicos, tem técnicos, roadies [técnicos de apoio], road manager, agentes e todos têm vidas e famílias para sustentar.

Quais são os planos e os sonhos da banda?

O plano é sempre o mesmo: contagiar as pessoas com a nossa música, levá-la aos palcos por todo o País e no final do dia continuarmos a ser felizes a fazer canções.

Palavras-chave

Relacionados

Famosos

Entrevista a Hernâni Carvalho: o homem que nos explica o mundo dos fora da lei

Com um invejável currículo como repórter de guerra, o jornalista hoje dedica-se com a mesma paixão aos casos de polícia. Há dez anos que está na SIC, canal onde a sua “Linha Aberta” em formato diário se destaca

Televisão

José Alberto Carvalho emocionado ao falar de morte de familiar e sobre o estado de emergência atual

O pivot da TVI fez um desabafo em direto antes de se afastar dos estúdios da TVI para entrar em quarentena.

Famosos

A piada de Rodrigo Guedes de Carvalho que está a fazer a internet chorar a rir

O jornalista mostrou mais uma vez o seu bom humor nas redes sociais.

Mais no portal

Televisão

Audiências: 'Cristina ComVida' regista o pior resultado de sempre

O programa continua a descer nas audiências.

Famosos

Joana Madeira derrete seguidores com este vídeo da filha mais nova

A comediante surge num momento terno com Carolina, de três semanas.

Famosos

Em biquíni, Rita Pereira deixa mensagem aos 'haters'

A atriz mostrou ainda a sua excelente forma física.

Famosos

Ruth Marlene assistida no hospital com Covid-19

A cantora partilhou a notícia nas suas redes sociais

Televisão

Ana Marques fala sobre os comentários de Marco Paulo que foram criticados nas redes

"Ó Ana, podes calar-te um bocadinho?" foi uma das frases do cantor para a colega.

Famosos

José Raposo surge em momento amoroso com a filha Lua

O momento foi partilhado por Sara Barradas nas redes sociais.

Famosos

Ana Rita Clara emociona-se ao falar da saída da SIC e do novo projeto na TVI

A apresentadora esteve à conversa com Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos.

Famosos

Teresa Guilherme revela a Goucha como foi trabalhar com Cláudio Ramos

Na passada terça-feira, a apresentadora 'Big Brother - Duplo Impacto', deu uma entrevista no programa 'Goucha'.

Famosos

Cristiano Ronaldo afasta garrafas de Coca-cola e já há memes

Na conferência de Imprensa, o craque preferiu água e o momento não passou despercebido aos criativos da Internet

Famosos

Dolores Aveiro festeja assim a vitória da seleção no Euro2020

Foi uma vitória bastante celebrada pela mãe de Cristiano Ronaldo e os seus amigos.

Famosos

Celebridades apostam em linhas de beachwear e têm lucros fabulosos

Com corpos de sonho, são muitas as estrelas que se despem de preconceitos e exibem os seus atributos em campanhas publicitárias das mais variadas marcas de roupa de praia

Dá que falar

Caso Maria das Dores: As versões da defesa, da acusação e a confissão

Em 2007 mandou matar o marido, mas só confessou mais de dez anos depois. O último episódio da segunda temporada de "Crime sob o Holofote" recorda um dos casos mais mediáticos de Portugal.