No último fim de semana, Sofia Arruda revelou numa entrevista a Daniel Oliveira no programa “Alta Definição” ter sido vítima de assédio sexual numa estação de televisão que trabalhou. A atriz ficou afastada da televisão por anos devido a este episódio. Mas, para além da onda de outros depoimentos e apoio que Sofia recebeu, também houve quem duvidasse do depoimento da atriz.

Na noite da última segunda-feira, 19 de abril, Sofia reagiu à repercussão da revelação através das redes sociais. “Quero começar por agradecer toda esta onda de amor e de compaixão que tenho recebido depois da entrevista que dei no Alta Definição. São milhares de mensagens públicas e privadas e não conseguindo responder a todas as pessoas individualmente, deixo o meu agradecimento colectivo.”

Depois de agradecer o apoio público, Sofia falou sobre a opinião pública negativa que surgiu. “Contudo, é impossível ficar indiferente ao eco que a minha declaração, sobre o tempo em fui afastada da televisão, provocou. E apesar de todo o apoio, que agradeço profundamente sei também que há várias questões que foram levantadas e a opinião pública quer respostas.”

A atriz destaca que o assédio é real para muitos outros profissionais do meio e que é um tema que precisa de ser falado: “Neste momento, a única coisa que eu posso dizer é que o assédio hétero e homossexual no meio audiovisual existe, é uma infeliz realidade, por isso, todas as pessoas que quiserem falar têm aqui alguém disposto a ouvir. Não é uma moda, é uma porta de esperança que sem ter sido propositado espero ter aberto”

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Relacionados

Mais no portal