Foi um dos concorrentes mais polémicos de “Big Brother – A Revolução” e esteve no centro de vários confrontos que aconteceram nas últimas semanas. Rui Pedro, de 35 anos, que durante vários dias esteve em “guerra” com a ex-amiga Joana, foi sancionado pelo soberano da “casa mais vigiada do País” e optou por desistir do jogo e abandonar o reality show no dia 11. O empresário marcou presença na gala de domingo, dia 15, e, apesar de pedir desculpa pelos últimos comportamentos, não deixou de tecer duras críticas a alguns comentadores de “Big Brother – Extra”, entre eles Ana Garcia Martins, do blogue “Pipoca Mais Doce”, e Pedro Crispim. Após saber o que haviam dito sobre si, o ex-concorrente defende-se. “Ainda estou a digerir tudo o que li e disseram sobre mim. Não gostei de saber que disseram que eu era um esterco da sociedade. Eles incentivam o ódio. Uma opinião de um comentador oficial tem um peso maior do que a de um anónimo. Fico triste. Isto, sim, é bullying. O Pedro Crispim e Ana Garcia Martins disseram coisas muito feias”, disse o ex-concorrente de Oliveira do Hospital a Manuel Luís Goucha em “Você na TV!”.

Alguns minutos depois, o empresário conversou com os jornalistas. Garantiu que vai analisar melhor tudo o que os comentadores proferiram sobre si e que poderá avançar para instâncias superiores: “Senti-me desrespeitado e enxovalhado. Vou agir de forma judicial”. A TvMais contactou “Pipoca” e esta desvalorizou as declarações do ex-concorrente. “O que digo do Rui é o que digo de todos os outros ex-concorrentes: a partir do momento em que deixam de estar na casa perdem completamente o interesse para mim no que diz respeito ao programa”, justificou. Sobre a possibilidade de ter de responder em tribunal, a comentadora mostrou-se tranquila: “Aguardarei serena! Desejo-lhe muitas felicidades.”

Ele quer ter um novo frente a frente

Na gala de domingo, Rui Pedro e Ana Garcia Martins já haviam trocado acesas opiniões em direto, na presença de Teresa Guilherme. “Enquanto comentadora, claro que é sempre bom termos concorrentes como o Rui dentro da casa. Enquanto espectadora… não podia estar mais feliz por ele estar cá fora. Tudo o que vi durante estas últimas semanas na casa achei absolutamente reprovável e vergonhoso. Todos nós pudemos ver. O Rui foi agressivo, prepotente, mimado, vingativo, tratou abaixo de cão duas ou três mulheres daquela casa. Como espectadora, estou contente por não ter de assistir a mais cenas deploráveis como vi nos últimos tempos”, disse a comentadora de “BB – A Revolução”. O frente a frente entre os dois poderá voltar a acontecer. O ex-concorrente, pelo menos, manifestou enorme vontade que isso aconteça: “Estou preparado para, novamente e em direto, debater as coisas que ela falou sobre mim, assim como o Pedro Crispim. Gostava de falar com eles”.

Rui Pedro assume que durante as últimas semanas falhou no seu “controlo emocional”, mas defende que a produção do reality show da TVI o usou para ser “o vilão” desta edição. “Fui enxovalhado na gala com a história do bullying em relação à Zena e à Joana. Nunca quis ser agressivo, mas sei que me excedi nas palavras que usei. Foi um exagero e as imagens foram descontextualizadas. A Jéssica [Antunes], amigos meus e familiares receberam mensagens horríveis sobre mim. Foram massacrados. E, por isso mesmo, acho que já devia ter-me vindo embora mais cedo”, revelou, acrescentando: “Perceberam que eu era explosivo, que seria um bom elemento para explodir numa gala, mas que nunca iria maltratar ninguém ou a própria Teresa Guilherme. Sou leal, fiel, genuíno, humilde. Não me considero um vilão. Mas senti que tinha alguma importância no jogo”. Rui nega que ter feito bullying a algum colega da casa e dez que tudo será resolvido quanto tiver hipóteses de conversar com Joana, quando esta sair do programa: “Já sofri bullying na escola. Fui massacrado, de certa forma. Por isso mesmo, jamais o faria com alguém. Quando havia conflitos era o primeiro a acabar com eles. Exagerei com a Joana. Terei tempo para me redimir do que falhei”. Já de volta à realidade, mas ainda com poucas horas de descanso, Rui Pedro assegura: “Estou cansado psicologicamente”. Quanto ao seu pai, que se encontra a lutar contra um cancro no estômago, o empresário partilha que continua em tratamentos: “Está a recuperar, a fazer quimioterapia”.

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Famosos

Alexandra Lencastre teve alta hospitalar

A atriz estava internada há quase duas semanas, depois de ser infetada pela covid-19.

Televisão

Ljubomir Stanisic queimou-se gravemente durante gravações de "Hell's Kitchen"

O chef revela o que fez quando percebeu que se tinha magoado.

Famosos

Na reta final da gravidez, Andreia Rodrigues mostra a barriguinha!

A apresentadora espera pela segunda filha, fruto do casamento com Daniel Oliveira.

Famosos

Lourenço Ortigão vendeu as ações da TVI que detinha

O ator já não é mais acionista do grupo Media Capital.

Famosos

Cristina Ferreira conta segredo para estar mais magra

A apresentadora admite que está mais magra e revela o que fez para chegar ao peso que considera ideal.

Televisão

João Paulo Rodrigues estreia novo concurso de música na RTP

"Não Te Esqueças da Letra!" é o novo programa dos sábados à noite na estação pública.

Dá que falar

Leia em casa: A TvMais já está disponível na versão digital

Para ler no seu computador, telemóvel ou tablet.

Famosos

Cristina Ferreira tem "revelação ao país" - O que acha que a apresentadora vai dizer?

Um comunicado anunciado através de um vídeo promocional na TVI.

Famosos

Kelly Bailey derrete-se por Lourenço Ortigão: "Uma bomba"

O ator é capa de uma conhecida revista de boa forma, e a atriz não deixa de comentar o corpo do namorado!

Famosos

Xana Abreu revela ter sido procurada pela família paterna depois de "Alta Definição"

Na entrevista a Daniel Oliveira, a cantora contou que foi abandonada pelo pai quando tinha 1 ano. Agora, familiares retomaram o contacto.

Televisão

As primeiras concorrentes de "All Together Now"

Já têm experiência na música e vão brilhar no novo concurso de Cristina Ferreira, a partir de dia 7. Veja-as em palco! (vídeo)

Dá que falar

A história de Selena Quintanilla, assassinada pela presidente do clube de fãs

Aos 23 anos a "rainha da música Tejana" teve os sonhos interrompidos. A história é tema do terceiro episódio de Crime sob o Holofote.