Rui tem sido um dos concorrentes mais polémicos desde o início do reality show da TVI e voltou a estar debaixo de fogo depois de ter insultado Zena. Na gala de 8 de novembro muito se falou de se estar perante um caso de bullying e Odile Pacheco, a mãe da madeirense, garante à TvMais que não tem dúvidas. “Ele fez bullying com a minha filha. Quando ele vir as imagens vai perceber, porque não tem noção da forma como fala. Ele não é má pessoa a 100%, tem é aquela coisa de falar e ninguém lhe chamar à atenção e deve ser a primeira vez que alguém o faz”, diz-nos, explicando que Rui já o teve comportamentos semelhantes com Joana e Andreia, que não responderam. “A Zena já sofreu bullying e não gostou do que sentiu ali. Claro que ela não diz. Quer é que ele entenda sozinho, que diga, que assuma… Mas só com o tempo é que vai perceber, agora não vale a pena. É a mesma coisa que estar a bater numa parede de betão… não vai partir”, diz.

Odile defende que o empresário de Oliveira do Hospital tem uma mágoa passada sobre a qual não fala. “Ele não gosta de ser mandado por uma mulher, dá para perceber. Tem uma revolta dentro dele. Há ali uma história que ele tem para ser assim, tem de haver uma razão, mas ele não fala sobre isso.” Na gala, Ana Garcia Martins, mais conhecida como “Pipoca Mais Doce”, chegou a dizer que o “Big Brother” devia sancionar o candidato. A mãe de Zena confia em quem trabalha no programa. “Não sei o que a produção deseja, mas talvez queiram ver até onde ele vai chegar. Não sei o que vão fazer para a frente, mas não os vou atacar, porque eles tentam fazer o que podem”, refere, sabendo que a filha não está em risco: “Agredir não. Ele não toca na Zena! Até se o fizer verbalmente não vai conseguir nada, penso que vai atacar mais a Joana, porque ela cala-se. A Zena não o faz”. E os pedidos de desculpa de Rui não vão fazê-la mudar de ideias.

“Palavras, argumentos, são muito lindos mas não valem nada se não houver uma atitude por detrás. Ele fala e argumenta bem, mas vale pouco porque as atitudes são muito tristes. Ele até podia ser político, porque consegue enganar os mais fraquinhos. Só que percebeu que a Zena tem opinião própria e não vai atrás de ninguém”, sublinha a mãe da líder do “BB”, acrescentando: “Tenho imensa pena do rapaz. Com 35 anos, diz que é tio e empresário e pensar que assim… Não pede desculpa! Não tem paz no coração, oxalá a encontre. É muito revoltado com a vida. Não é só a Zena, as mulheres… o problema é ele. Precisa muito de ajuda, mas pensa que não. Está na bolha dele, só com o tempo é que vai perceber”.

Sofreu com “ex”
Além de ter sido vítima de bullying em criança, quando deixou Paris para voltar à Madeira, Zena também sofreu com um ex-namorado abusivo. “Ela nunca foi agredida, atenção! Foram, sim, agressões verbais. Ele não queria que ela vestisse decotes, não gostava que se maquilhasse, se falava com um rapaz mostrava que não gostava… Era agressivo nesse sentido. Talvez alguma vez lhe tenha dado uma chapadinha no rabo, mas foi de brincadeira”, recorda Odile. Este namoro durou entre 2016 e 2018 e foi a jovem quem o terminou. “Começou cerca de dois anos depois de a Zena terminar com o primeiro namorado. Ela estava carente e namoraram. Mas ele era muito ciumento. Quando estávamos em família dava perceber o seu olhar, sempre a perguntar onde é que ela ia. Não era má pessoa, mas talvez gostasse mais dela do que ela dele. Já não falavam, brigavam”, acrescenta. Ele ainda tentou reatar. “Chegou a mandar vários ramos de flores cá para casa. Rosas lindas… Quando ela chegou a casa e viu o ramo, chamou-o, foi ter à estrada, entregou-lho e disse-lhe que a mulher da vida dele era a mãe e que lhe desse o ramo. Fez perceber que tinha acabado mesmo. E ele entendeu. Ficou abatido, mas penso que até já tem namorada. A Zena e ele são amigos”, finaliza Odile.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Mais no portal