Foi há precisamente oito anos, a 28 de junho de 2011, que Angélico Vieira partiu. Para trás deixou uma carreira promissora que estava a construir, tanto na representação como na música. 

A primeira oportunidade para trabalhar em televisão surgiu aos 21 anos, enquanto estudava gestão de empresas turísticas na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril. Angélico entrou em Morangos com Açúcar ao interpretar David, um jovem integrante da banda D’ZRT. A boysband passou da ficção para a realidade e tornou-se um verdadeiro caso do sucesso. Angélico estava apresentado como ator e cantor.

Ao longo dos anos, somaram-se novelas (inclusive uma internacional) e álbuns, quer com os D’ZRT quer a solo. Angélico era adorado por muitos, mas acabou por partir cedo demasiado cedo. No vídeo, recordamos dez momentos mais marcantes da carreira do malogrado artista. 

Recorde-se que, no dia 25 de junho de 2011, Angélico seguia ao volante de um BMW na A1, alegadamente em excesso de velocidade, a caminho de Lisboa. Um pneu da viatura terá rebentado em plena autoestrada, perto da zona de Estarreja, seguindo-se um despiste. O artista foi levado para o hospital, acabando por perder a vida no dia 28. Com Angélico seguiam mais três pessoas: Hélio Filipe, que perdeu a vida, Armanda Leite, que ficou com mazelas irreversíveis, e Hugo Pinto, que saiu ileso. 

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Mais no portal