Esta sexta-feira, dia 21, foi transmitida em “Você na TV!” uma entrevista que Rita Pereira tinha dado a Maria Cerqueira Gomes. Nesta conversa, a atriz e apresentadora da TVI falou sobre a pressão que já sentiu por ter esta profissão e revelou como mudou com a morte de Angélico Vieira.

Ao falar sobre algumas das notícias menos positivas que já saíram a seu respeito, Rita Pereira admitiu que já sofreu muito a este respeito. “Já chorei muito. Tive muitos anos a chorar. Agora posso dizer que vivo bem com isso porque já vivi muito mal. Já chorei muito. Já quis desistir disto tudo. Já passei mesmo mal. Há três jornalistas que há 16 anos me fazem bullying. Inventam tudo o que querem”, admitiu.

Contudo, a estrela da TVI conta que mudou a própria atitude perante este assunto com a morte de Angélico Vieira, em 2011. “Foi quando o Angélico morreu que a minha cabeça mudou. Que comecei a perceber que não podes dar valor às coisas que escrevem sobre ti quando não são verdade”.

De seguida, Rita confessa que escolheu não entrar na nova série da TVI, “Amar Depois de Amar”, estando grata à estação por ter compreendido esta decisão. “Não recusei a novela porque me apeteceu. A TVI deu-me a escolher entre ser jurada ou fazer a série e, por causa do Lonô, decidi ficar só como jurada. Tinha capacidade de fazer as duas coisas, mas como mãe decidi aproveitar mais“, concluiu. 

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Mais no portal