A queixa apresentada por Kathryn Mayorga contra Cristiano Ronaldo foi retirada em maio, de acordo com a Bloomberg.

A mulher, de 35 anos, tinha acusado o jogador de a ter violado em 2009 num hotel, em Las Vegas, nos EUA, alegações que sempre foram negadas pelo atleta.

O pedido para retirar voluntariamente a queixa foi apresentado num tribunal no estado do Nevada, mas não foi referido se Kathryn chegou a algum acordo com o avançado da Juventus.

Leslie Stovall, o advogado da mulher, e Peter Christiansen, advogado de Ronaldo, recusaram comentar a retirada da queixa.

No passado mês de março, foi avançado que a equipa italiana teria cancelado a pré-época nos EUA, por receio de que o jogador pudesse ser detido.

Recorde-se que Mayorga apresentou queixa contra Cristiano Ronaldo no passado dia 27 de setembro de 2018, alegando ter sido violada pelo jogador em 2009, num quarto de hotel no Nevada, no qual se encontrava com outras pessoas. A mulher relatou que o jogador a terá interpelado enquanto trocava de roupa e a terá forçado a sexo anal. Posteriormente, afirmou que Ronaldo terá pedido desculpa.

Relacionados

Famosos

Cristiano Ronaldo fala sobre acusação de violação: "O pior foi para a minha mãe e as minhas irmãs."

O futebolista revelou como a família reagiu à polémica.

Famosos

A resposta de Cristiano Ronaldo ao ser questionado sobre alegada violação

O futebolista falou com os jornalistas.

Famosos

O comunicado do advogado de Cristiano Ronaldo

"Uma vez mais, para que não haja dúvidas, a posição de Cristiano Ro...

Famosos

Dolores Aveiro e Cristiano Ronaldo combinam na roupa

Não se sabe se foi de propósito ou coincidência.

Famosos

Cristiano Ronaldo e Georgina Rodriguez fazem viagem relâmpago ao Mónaco

Veja as imagens do casal no jatinho particular!

Famosos

Veja os presentes impressionantes que Georgina Rodríguez a Eva, Mateo e Alana

A namorada de Cristiano mostrou os bebés rodeados de brinquedos.

Mais no portal