Morreu a escritora Agustina Bessa-Luis. Maria Agustina Ferreira Teixeira Bessa, nome literário da escritora, tinha 96 anos.

De acordo com informações prestadas à TSF por Isabel Rio Novo, a biógrafa não-autorizada da autora, Agustina terá morrido em sua casa, vítima de doença prolongada.

A missa será celebrada por D. Manuel Linda, Bispo do Porto, na terça-feira, às 16h00, na Sé do Porto, segundo avança a Renascença. O funeral seguirá depois para a Régua, onde também está sepultado Alberto Luís, marido da escritora, que faleceu em novembro de 2017.

Agustina nasceu em Vila Meã, Amarante, a 15 de Outubro de 1922. Escreveu livros de diferentes tipos, mas foi com romances como A Sílaba e Vale Abraão – que posteriormente originou um filme, realizado por Manoel de Oliveira – que ganhou maior notoriedade.

Venceu mais de 20 prémios e foi agraciada com diversas condecorações, entre as quais a Grã-Cruz da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada de Portugal, que recebeu em 2016.

Mais no portal