Ariana Grande lançou o single “7 Rings” no dia 18 de janeiro na plataforma Spotify e alcançou mais de 8 milhões de streams em apenas 24 horas, o que fez o tema ser a música de uma artista feminina mais tocada no dia de estreia. Mas não demorou para Ariana ser acusada de plágio por dois artistas diferentes.

Primeiro foi a rapper Princess Nokia que publicou um vídeo no Instagram a ouvir a nova música de Ariana. Depois, a cantora diz: “Isso soa familiar para si? Porque para mim é muito familiar… Não parece aquela música que eu fiz sobre mulheres negras e os seus cabelos? Hmm… Parece coisa de rapariga branca”. A rapper está a falar da música “Mine”, que faz parte do disco “1992”, lançado no ano passado.

O ritmo e as letras das músicas têm semelhanças. A letra de “7 Rings” diz: “Você gosta do meu cabelo? Obrigada, acabei de comprar/ Eu vejo, eu gosto, eu quero, eu tenho”. Já a canção de Princess Nokia diz: “Balanço o cabelo, eu sou linda/ É meu, eu comprei/ É meu, eu comprei”.

Depois de criar a polémica, Princess Nokia deletou o vídeo ao receber acusações de plágio por outra música.

Outro artista que usou as redes sociais para acusar Ariana de plágio foi Soulja Boy. No Twitter, o rapper chamou a cantora de “ladra”, depois de muitos fãs assumirem que “7 Rings” é muito parecida com “Pretty Boy Swag”, lançada em 2010. Soulja Boy ainda usou a mesma rede social para mandar outras mensagens à cantora: “Dê-me algum crédito” e “Pare de roubar o meu ‘swag'”.

Quer tirar a prova? Oiça no vídeo e compare:

Relacionados

Famosos

Ariana Grande tatua Pokémon no braço

A cantora mostrou o novo desenho nas redes sociais

Famosos

Já viu o novo visual de Ariana Grande?

A cantora tem um novo look que surpreendeu os fãs.

Famosos

Ex-noivo de Ariana Grande faz piada com comentário da artista sobre os seus genitais

A cantora falou sobre o tamanho do órgão de Pete Davidson no Twitter.

Mais no portal