Cristiano Ronaldo deu uma entrevista reveladora à revista “France Football” depois de ter sido eleito um dos candidatos à Bola de Ouro. Entre outros assuntos relacionados com a sua carreira, o craque não deixou de comentar a polémica que surgiu recentemente, quando Kathryn Mayorga, uma mulher norte-americano, o acusou de a ter alegadamente violado em Las Vegas em 2004.

De forma tranquila, Cristiano Ronaldo mostrou não estar preocupado com esta situação, confiante de que tudo será resolvido pelo melhor. Ainda assim, contou como aqueles que mais ama lidaram com esta polémica. “Já expliquei a situação à minha companheira. O meu filho, Cristiano Jr., é muito pequeno para entender. O pior foi para a minha mãe e as minhas irmãs. Elas estão atordoadas e, ao mesmo tempo, muito zangadas. Esta é a primeira vez que as vejo neste estado”, disse, destacando o apoio de Georgina Rodríguez e a indignação de Dolores, Katia e Elma Aveiro.

Para fechar este assunto, o futebolista mostrou-se preocupado com a família, mas confiante. “Tenho uma namorada, quatro filhos, uma família que é muito próximo de mim. Sempre tive uma reputação de ser uma pessoa exemplar. Eu sei quem sou e o que fiz. A verdade será conhecida um dia”, concluiu.

Palavras-chave

Aproveite esta oferta especial, assine a TvMais por apenas €1,30/edição. ASSINE JÁ

Relacionados

Mais no portal