Cristina Caras Lindas admitiu na conta pessoal de Facebook ter avançado com um processo judicial contra Ana Marques. Em causa estão declarações polémicas da apresentadora e comentadora de televisão em ‘Passadeira Vermelha’, programa transmitido pela SIC Caras.

A antiga ‘estrela’ da televisão tem sido noticiada por estar a passar por alegadas dificuldades familiares e financeiras, motivo pelo qual terá vendido a sua casa no Guincho, em Cascais. Joana Latino entendeu a tristeza de Caras Lindas não pela necessidade de dinheiro, mas pelo facto de se despedir de uma casa onde viveu fortes emoções, tanto positivas como negativas.

Não parece, contudo, ter sido esse o parecer de Ana Marques, que falou num possível golpe de vendas por parte da agência imobiliária. “Eu acho que isto é uma campanha imobiliária que é um case study (…) É vender uma casa com poesia e dramatismo (…) O que é facto é que há aqui uma série de incoerências. Mas ela tem um valor imobiliário extraordinário, não se coibe de o mostrar. Não é uma mansão, é uma mansão à portuguesa (…) Com a procura e a venda imobiliária que estamos a viver …”, afirmou durante o programa, delongando os comentários na tentativa de imitar o tom característico de Caras Lindas, habitualmente emotiva na forma de lidar com os outros e conhecida pelo seu sorriso aberto. “É a Cristina, é o ADN dela (…) Há uma certa solidão, um certo desencanto com as relações humanas”, acrescentou.

Cristina Caras Lindas parece ter estado atenta à forma como foi abordada no programa e escreveu um longo texto dirigido à situação onde afirma que será feita justiça, apelidando a comentadora de ‘ser inqualificável’. “Ana Marques, do programa da SIC Passadeira Vermelha, já lhe enviei mensagem interna, indignada consigo. Leia se quiser, o meu advogado Joaquim Silva, vai fazê-la engolir tantas palavras maldosas, sem se documentar sobre o que disse, é um ser inqualificável”, pode ler-se na mensagem onde agradece ainda a intervenção de Joana Latino e Liliana Campos que parecem ter entendido o que Caras Lindas queria dizer.

“Não preciso de vender nada felizmente tenho uma vida confortável e aquela casa nem era minha mas sim alugada, porque me apeteceu ir para aquela zona escrever Biografia, se quer falar da minha vida primeiro informe-se. Inacreditável o que vi e ouvi, que a vida a faça pagar por tal barbaridade, se o Cláudio Ramos lá estivesse teria sido diferente porque ele sim, conhece a minha vida. Indignada. A lei do retorno tarda mas cumpre-se. Uma vez mais é um ser inqualificável mas com sorte. Não entendo esta perseguição, insistem em querer passar a imagem que estou com problemas financeiros mas porquê??? Deixem-me em paz. Maldade pura”, escreve.

O texto conclui com a certeza de que não há publicidade envolvida e que é esperado um pedido de desculpas. “A única coisa perto da verdade que disse foi que a Remax ou Century 21 me podiam contratar mas nem isso, porque eu tenho uma Empresa de Investimentos Imobiliários com o meu parceiro Nuno Pires. Agradecia um pedido de desculpas e dizer que tudo o que mencionou sobre mim é mentira porque não se informou antes de falar. Triste… e é tudo.”

Relacionados

Mais no portal