Cheguei tarde à notícia da morte de Carlos Castro. Numa altura em que, para além da notícia, já havia por aí, ao que parece, inúmeros comentários à dita, sobretudo na internet. Dos comentários aos comentários, depreendo que houve um bocadinho de tudo. Mas ter-se-ão destacado
as alusões mais básicas à sua sexualidade, remetendo para o terreno da quase anedota um crime que é violento e lamentável em qualquer parte do mundo. Mas se são deploráveis os comentários, na maioria anónimos, que achincalham a vida e morte de um homem, seria também de evitar tanto previsível elogio fúnebre glorioso. Já o disse a propósito de Saramago: respeito mais quem mantém convicções sobre determinada figura do que aqueles a quem a morte amolece o coração e enche de contradições o discurso. Repito: a morte de Carlos Castro é lamentável, as circunstâncias horríveis. Mas estranho alguns elogios desadequados, com destaque para os que consideram que era um jornalista extremamente corajoso. Desde logo, parece-me, no mínimo, discutível, que o que fez uma vida inteira possa ser considerado jornalismo. Segundo, do pouco que folheei das suas páginas, foi uma vida inteira de "sei imensas coisas mas não sei se as diga", ao mesmo tempo que deixava dúvidas sobre protagonistas de comportamentos escabrosos e moralmente repreensíveis, sem nunca os identificar, o que é o contrário da coragem, e, sobretudo, lança suspeitas sobre uma dúzia que até podem não ter nada a ver com o assunto. É natural que agisse assim: a sua actividade dependia da ideia de se dar bem com toda a gente, não fechar portas, nem arranjar inimizades que pudessem prejudicá-lo, porque ninguém sabe o que o futuro nos reserva, nem quem vamos encontrar, ou reencontrar, pela frente. Mas em toda esta novela trágica, é impossível fugir ou esquecer a cartada da homossexualidade. Num artigo de um jornal da "referência", um homossexual das "elites" confessa que Castro nunca foi "reconhecido" pela comunidade gay por mero preconceito intelectual. Os homossexuais com mais pergaminhos rebaixavam-no sempre à condição de cronista de "revistas de cabeleireiras". É também a sua condição de homossexual a responsável pelos comentários e opiniões mais degradantes que se seguiram à sua morte, o que prova bem, se preciso fosse, a que catacumbas indignas pode descer a maldade. Se ( e por agora a única certeza é a de inúmeras incertezas) Carlos Castro foi de facto assassinado pelo rapaz com quem estava hospedado, se foi vítima de uma discussão que ultrapassou os limites, se essa discussão era entre duas pessoas que mantêm uma relação, ou simplesmente se deu precisamente porque uma delas queria uma relação e a outra não…Tudo isto não pode, por um momento, fazer esquecer o essencial: um homem foi assassinado de forma particularmente bárbara. Isso é o essencial do desenlace dramático. É pena que que esta morte tremenda sirva apenas para que tantos continuem a eternizar as suas anedotas, convicções, dislates e insultos, sobretudo quendo se percebe que a vida e morte de Carlos Castro são já matéria secundária para quem pretende apenas avançar para a milésima discussão sobre gays, relações, saídas do "armário", jovenzinhos aliciados, promiscuidades, promessas de estrelato, escandaleiras de diferenças de idades, e etc, etc. Há demasiada excitação no ar, sendo que poucos saberão que realmente se passou. E esta constatação simples, de lidarmos por agora com poucos ou nenhuns factos, deveria fazer-nos parar um pouco, para pensar antes de opinar. Até porque esse entretanto de silêncio poderia significar um compasso de respeito pelo essencial: perdeu-se uma vida, e alguém a tirou. Concentremo-nos por agora nisso, tão brutal e primitivo que já dá bastante o que pensar.

Imagem

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Pais de Charlene mudam-se para perto do Mónaco para dar apoio à filha

Pais de Charlene mudam-se para perto do Mónaco para dar apoio à filha

O fármaco que trata a hipertensão com potencial antienvelhecimento

O fármaco que trata a hipertensão com potencial antienvelhecimento

Escritórios: Quando trabalhar em casa é um prazer

Escritórios: Quando trabalhar em casa é um prazer

Letizia dá uma nova vida à sua saia branca plissada (que demorou três anos a estrear!)

Letizia dá uma nova vida à sua saia branca plissada (que demorou três anos a estrear!)

Quando a arte desaparece

Quando a arte desaparece

Letizia recupera vestido verde de estampado 'paisley' pela sexta vez

Letizia recupera vestido verde de estampado 'paisley' pela sexta vez

APA diz que empresa tem 6 meses para reformular projeto da mina de lítio em Montalegre

APA diz que empresa tem 6 meses para reformular projeto da mina de lítio em Montalegre

Análise em vídeo ao primeiro 100% elétrico da Toyota, o BZ4X

Análise em vídeo ao primeiro 100% elétrico da Toyota, o BZ4X

Leão (da Peugeot) cada vez mais verde

Leão (da Peugeot) cada vez mais verde

Comissão de Avaliação dá parecer favorável à mina de lítio em Montalegre

Comissão de Avaliação dá parecer favorável à mina de lítio em Montalegre

Livros: 7 novidades e um passatempo

Livros: 7 novidades e um passatempo

VOLT Live: como serão os custos dos carregamentos em 2023

VOLT Live: como serão os custos dos carregamentos em 2023

Perímetro abdominal: Mario Kart de Super Nintendo World não é para todos

Perímetro abdominal: Mario Kart de Super Nintendo World não é para todos

Passa o dia sentado? Especialistas descobrem fórmula ideal de pausa para reverter o impacto negativo

Passa o dia sentado? Especialistas descobrem fórmula ideal de pausa para reverter o impacto negativo

Cabaz de bens alimentares essenciais custa 30% do salário mínimo

Cabaz de bens alimentares essenciais custa 30% do salário mínimo

Sem-abrigo do Porto refugiados em tendas para fugir ao frio

Sem-abrigo do Porto refugiados em tendas para fugir ao frio

Vencedores dos passatempos da edição n.º 223

Vencedores dos passatempos da edição n.º 223

A coleção vibrante primavera-verão 2023 de Alexis Mabille desfila em Paris

A coleção vibrante primavera-verão 2023 de Alexis Mabille desfila em Paris

Fairly Normal: um pé no surf e outro na sala de reuniões

Fairly Normal: um pé no surf e outro na sala de reuniões

Velcro, uma ideia que colou

Velcro, uma ideia que colou

VISÃO Se7e - Com as mãos na massa: A moda da cerâmica e os novos restaurantes italianos

VISÃO Se7e - Com as mãos na massa: A moda da cerâmica e os novos restaurantes italianos

Aos 50 anos, Catarina Furtado mostra que mudar faz bem

Aos 50 anos, Catarina Furtado mostra que mudar faz bem

Sete ideias para fazer este fim de semana, em Lisboa

Sete ideias para fazer este fim de semana, em Lisboa

Rafeiro do Alentejo,

Rafeiro do Alentejo, "condenado à nascença", é o cão mais velho do mundo, segundo o Guinness

O vestido de edição limitada que vai dar que falar (e que nos traz uma cor tendência da primavera)

O vestido de edição limitada que vai dar que falar (e que nos traz uma cor tendência da primavera)

Para evento em Alicante, Letizia recupera vestido que estreou há um ano em Viena

Para evento em Alicante, Letizia recupera vestido que estreou há um ano em Viena

Número de casas à venda em Portugal cai para mínimos de 15 anos

Número de casas à venda em Portugal cai para mínimos de 15 anos

Homem do Leme: Anna

Homem do Leme: Anna

Cartazes de apelo ao voto

Cartazes de apelo ao voto

Investigadores imprimem enxertos de pele em 3D

Investigadores imprimem enxertos de pele em 3D

Um passeio na floresta de W. B. Yeats

Um passeio na floresta de W. B. Yeats

VEXAS: Devemos estar atentos a esta nova e ainda misteriosa doença inflamatória?

VEXAS: Devemos estar atentos a esta nova e ainda misteriosa doença inflamatória?

Únicos os cocktails, única a sua criadora. Bem-vindos ao Uni, o novo bar de Constança Cordeiro

Únicos os cocktails, única a sua criadora. Bem-vindos ao Uni, o novo bar de Constança Cordeiro

Esta é a história de Luana, a adolescente de Leiria que esteve 8 meses desaparecida depois de ter sido levada para Évora por um homem de 48 anos

Esta é a história de Luana, a adolescente de Leiria que esteve 8 meses desaparecida depois de ter sido levada para Évora por um homem de 48 anos

Fevereiro na CARAS Decoração

Fevereiro na CARAS Decoração

PCP vai levar ao parlamento projeto de lei de alteração do estatuto do SNS

PCP vai levar ao parlamento projeto de lei de alteração do estatuto do SNS

iServices lança campanha de reparações com o mote do dia de São Valentim

iServices lança campanha de reparações com o mote do dia de São Valentim

Intergift, em Espanha, abriu portas com Portugal bem representado

Intergift, em Espanha, abriu portas com Portugal bem representado

Grávida novamente, Laura Figueiredo comenta 'palpites' sobre o sexo do segundo filho

Grávida novamente, Laura Figueiredo comenta 'palpites' sobre o sexo do segundo filho

10 casacos de pelo que a ajudam a estar na moda, mas sempre quente

10 casacos de pelo que a ajudam a estar na moda, mas sempre quente

Portugal em EXAME: Venha discutir a economia, a 16 de Fevereiro

Portugal em EXAME: Venha discutir a economia, a 16 de Fevereiro

Domingos de cinema: Maratonas dos Oscars no TVCine Edition

Domingos de cinema: Maratonas dos Oscars no TVCine Edition